Dinheiro

Ainda tem uma nota de 500 escudos? Saiba até quando pode trocá-la

Nota de 500 escudos com a efígie de Mouzinho da Silveira entrou em circulação em novembro de 1988 e foi retirada em abril de 1998. Fotografia: DR
Nota de 500 escudos com a efígie de Mouzinho da Silveira entrou em circulação em novembro de 1988 e foi retirada em abril de 1998. Fotografia: DR

Nota pode ser trocada por euros nas tesourarias do Banco de Portugal ou através do envio de correio registado.

A nota de 500 escudos chapa 12, com efígie de Mouzinho da Silveira, prescreve no dia 01 de maio, podendo ser trocada por euros nas tesourarias do Banco de Portugal até 30 de abril, anunciou hoje o banco central.

“A nota de 500 escudos chapa 12 pode ser trocada por euros nas tesourarias do Banco de Portugal — em Braga, Castelo Branco, Coimbra, Évora, Faro, Funchal, Lisboa, Ponta Delgada, Porto e Viseu — até ao próximo dia 30 de abril (o dia útil anterior à data de prescrição)”, segundo um comunicado do banco hoje divulgado.

Caso não seja possível fazer a troca presencialmente, “o numerário pode ser enviado ao Banco de Portugal por correio registado, com valor declarado”, segundo a mesma fonte.

Atualmente, há seis notas de escudos que ainda podem ser trocadas por euros: 500 escudos – efígie Mouzinho da Silveira (chapa 12); 500 escudos — efígie João de Barros (chapa 13); 1.000 escudos — efígie Pedro Alvares Cabral (chapa 13); 2.000 escudos – efígie Bartolomeu Dias (chapa 2); 5.000 escudos – efígie Vasco da Gama (chapa 3); 10.000 escudos – efígie Infante D. Henrique (chapa 2).

À exceção da nota de 500 escudos chapa 12 com efígie de Mouzinho da Silveira, as restantes prescrevem em 01 de março de 2022.

O Banco de Portugal recorda que as notas de escudos podem ser trocadas por euros nas suas tesourarias durante o prazo de 20 anos após a retirada da circulação da chapa a que pertencem. As moedas metálicas de escudos já não podem ser trocadas por euros.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Assembleia da República. Fotografia: António Cotrim/Lusa

Gestores elegem medidas para o novo governo

Entrevista DV/TSF com secretária de Estado do Turismo, Ana Mendes Godinho.
Fotografia: PAULO SPRANGER/Global Imagens)

Ana M. Godinho: “É preciso um compromisso de valorização e subida de salários”

TVI

Cofina avança com OPA sobre 100% da Media Capital por 255 milhões

Outros conteúdos GMG
Ainda tem uma nota de 500 escudos? Saiba até quando pode trocá-la