Alojamento local

Airbnb fecha parceria com os Jogos Olímpicos até 2028

Foto: Airbnb
Foto: Airbnb

A Airbnb garantiu os mínimos para os Jogos Olímpicos até 2028. A plataforma de alojamento de curta duração revelou esta segunda-feira que fechou uma parceria com o Comité Olímpico Internacional (COI), que vai abranger cinco eventos durante os próximos nove anos.

Segundo o Financial Times, o patrocínio vai custar 500 milhões de dólares à Airbnb. No montante está incluindo um pagamento ao COI mas também a prestação de serviços de alojamento a atletas e representantes do Comité.

Já a partir do próximo ano, nos Jogos de Tóquio, a Airbnb será o “Parceiro Olímpico Mundial na categoria exclusiva ‘Produtos e serviços de alojamento e de experiências únicas'”, lê-se na nota enviada à imprensa pela plataforma.

Os parceiros “oferecem apoio a todos os Comités Olímpicos Nacionais e às suas equipas, assim como a todos os Organizadores dos Jogos Olímpicos e aos atletas, e promovem o desporto a nível mundial”. Depois de Tóquio, a parceria irá estender-se aos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim em 2022, aos Jogos Olímpicos de Paris em 2024, aos Jogos Olímpicos de Inverno de Milão-Cortina em 2026, e aos Jogos Olímpicos de Los Angeles, em 2028.

O objetivo do acordo é reduzir os custos às cidades organizadoras, por diminuir a necessidade de construção de infraestruturas para o período dos Jogos. E, ao mesmo tempo, gerar “rendimento, que terá um impacto direto nos anfitriões e nas comunidades locais”.

“A nossa parceria olímpica vai garantir que os Jogos 2020 sejam os mais inclusivos, acessíveis e sustentáveis realizados até hoje, e vai ter um impacto positivo e duradouro, benéfico para atletas e comunidades anfitriãs”, refere Joe Gebbia, cofundador da Airbnb, citado na nota.

O acordo inclui ainda uma vertente dedicada aos atletas. O programa “Experiências Olímpicas”, a ser lançado no início do próximo ano, vai “oferecer apoio e formação aos atletas interessados em tornarem-se anfitriões nas Experiências na plataforma Airbnb”.

O COI vai ainda disponibilizar alojamentos no Airbnb aos atletas olímpicos e paralímpicos no valor de 25 milhões de euros, “para as viagens relacionadas com a competição e os treinos”.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Mário Centeno, ministro das Finanças e presidente do Eurogrupo. Fotografia: EPA/STEPHANIE LECOCQ

Peso da despesa com funcionários volta a cair para mínimos em 2020

26/10/2019 ( Nuno Pinto Fernandes/ Global Imagens )

Conselho de Ministros aprovou Orçamento do Estado

Marcelo Rebelo de Sousa, Presidente da República portuguesa. Foto: REUTERS/Benoit Tessier

OE2020: PR avisa que é preciso “ir mais longe” em matérias como a saúde

Outros conteúdos GMG
Airbnb fecha parceria com os Jogos Olímpicos até 2028