INE

Alojamento local já representa mais de 13% das dormidas de turistas

Fotografia: Diana Quintela/ Global Imagens.
Fotografia: Diana Quintela/ Global Imagens.

INE publica pela primeira vez estatísticas mensais do alojamento local em Portugal.

Pela primeira vez, houve mais de 400 mil dormidas de turistas em alojamento local (AL) no mês de janeiro. Um ano antes, o primeiro mês do ano tinha registado 385 mil dormidas em AL. Em 2016 o número passava pouco das 250 mil dormidas.

A opção pelo alojamento local em Portugal tem aumentado mesmo em época baixa, revelam os números publicados esta sexta-feira pelo Instituto Nacional de Estatística no barómetro da atividade turística.

Em janeiro, as dormidas de turistas em alojamento local representaram 13,5% do total. No primeiro mês de 2019 foram registadas em Portugal perto de três milhões de dormidas, mais 4,7% face ao mesmo mês do ano anterior. Os turistas nacionais contribuíram com mais de 96o mil dormidas.

O número de hóspedes também aumentou em janeiro. Portugal recebeu 1,3 milhões de turistas no arranque de 2019, mais 7,2% na comparação com o ano anterior. Os residentes em Portugal foram mais de 540 mil. Vieram de outros países mais de 662 mil visitantes.

Segundo o destaque do INE, que pela primeira vez inclui os dados mensais do alojamento local e do turismo rural, os proveitos da hotelaria totalizaram perto de 163 milhões de euros em janeiro.

O primeiro mês de 2019 trouxe boas notícias no que toca à recuperação de turistas britânicos, que representaram 16,8% no total de dormidas, mais 4,3% face a período homólogo. O número de hóspedes britânicos ascendeu a 71 mil.

Seguem-se os alemães, que representaram 12,6% das dormidas, apesar de um recuo ligeiro de 1,5%. Na contagem de hóspedes, os alemães ascenderam a 55 mil.

Entre os mercados emissores que mais cresceram em janeiro o INE ressalva a subida do mercados chinês, que aumentou mais de 30%, o norte-americano, com uma subida de +23,9%), e o canadiano com mais 14,7%.

No que toca às regiões o destaque vai para o Alentejo, com um aumento das dormidas na ordem dos 18%, e a região Norte, que cresceu 10,5%.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Lisboa, Portugal 2

Endividamento das famílias atinge máximo de três anos

Mário Centeno e Pierre Moscovici. Fotografia: EPA/ARIS OIKONOMOU

Bruxelas com reservas sobre esboço pede plano atualizado

(Carlos Santos/Global Imagens)

TDT. Anacom arranca com call center em novembro para teste piloto

Outros conteúdos GMG
Alojamento local já representa mais de 13% das dormidas de turistas