Álvaro Sobrinho tem 188 milhões em gestora de fortunas na Suíça

Ex-presidente do BES Angola tem 188 milhões a ser geridos pela sociedade suíça Akoya, segundo o Correio da Manhã.

O ex-presidente do BES Angola (BESA), Álvaro Sorinho, terá entregado à Akoya, uma sociedade suíça gestora de fortunas da qual era acionista, a gestão de 188 milhões de euros.

A notícia é avançada esta terça-feira pelo Correio da Manhã, que adianta que o empresário angolano terá tido aquele alegado património financeiro depositado em 27 contas bancárias na Suíça, no final de abril de 2012.

Sobrinho está a ser investigado no processo nº 244/11, no qual é arguido, e foi apanhado também no inquérito do Monte Branco, no qual são arguidos três gestores da Akoya, lembra o jornal.

Os detalhes do alegado património financeiro de Sobrinho gerido pela Akoya constam num relatório elaborado pelo Fisco no inquérito do Monte Branco. Segundo o Correio da Manhã, o documento indica os nomes dos bancos, os números das contas bancárias, o beneficiário, o titular das contas e o valor dos saldos de cada conta.

Algumas dessas contas bancárias seriam tituladas por sociedades offshore alegadamente controladas por Sobrinho.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de