Governo quer mini Lojas do Cidadão em metade das freguesias até 2030

Segundo o jornal Público, até 2030, Governo quer ter mais de metade das freguesias de Portugal Continental com mini Lojas do Cidadão. Para isso, alocou 20 milhões de euros dos fundos estruturais.

Dinheiro Vivo
Ana Abrunhosa, ministra da Coesão Territorial © Reinaldo Rodrigues/Global Imagens

O Governo quer, até 2030, ter mais de metade das freguesias em Portugal Continental com Espaços Cidadão, havendo 20 milhões de euros do Portugal 2030 para esse efeito. A indicação foi dada pela ministra da Coesão Territorial, Ana Abrunhosa, ao jornal Público. O objetivo é promover a coesão territorial e garantir acesso a serviços essenciais.

O chamado Espaço Cidadão consiste numa espécie de mini Loja do Cidadão (todas têm um Espaço Cidadão), que contém um conjunto de serviços de entidades diversas num único balcão de atendimento, permite o acesso a serviços públicos digitais e promove a literacia digital.

O Público recorda ainda que os Espaços Cidadão contemplam 13 entidades e 52 serviços que possibilitam, por exemplo, renovar o cartão de cidadão, tratar de assuntos relacionados com a carta de condução, apresentar despesas comparticipadas pela ADSE ou aceder aos serviços e-factura.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG