Lançada hoje segunda fase de apoios para eficiência energética

Programa de 2020 teve 6 996 candidaturas, sendo a maior parte de Lisboa.

Dinheiro Vivo/Lusa
Predios predio habitacao andares lisboa casa casas (PAULO SPRANGER/GLOBALIMAGENS) © PAULO SPRANGER/GLOBALIMAGENS

A segunda fase do programa de financiamento para melhorar o desempenho energético e ambiental dos edifícios é hoje lançada, inserida no Plano de Recuperação e Resiliência (PRR), com verbas disponibilizadas através do Fundo Ambiental.

Para a promoção da eficiência energética dos edifícios, o PRR tem uma verba de mais de 600 milhões de euros distribuídos por três estratégias. Para a eficiência energética de residenciais estão destinados cerca de 300 milhões de euros.

Para o programa de apoio a edifícios mais sustentáveis estão inscritos 135 milhões de euros.

O programa de apoio a edifícios mais sustentáveis de 2020 terminou no final do ano passado e, segundo dados oficiais do Fundo Ambiental, foram submetidas 6.996 candidaturas, das quais foram avaliadas 3.415. Lisboa foi o distrito com mais candidaturas, seguido do Porto e depois Braga.

Das candidaturas avaliadas a maior parte destinou-se a apoio a sistemas fotovoltaicos, sistemas de climatização e janelas eficientes.

A nova fase do programa vai ser apresentada numa sessão com a presença do primeiro-ministro, António Costa, do ministro do Ambiente e da Ação Climática, João Pedro Matos Fernandes e do secretário de Estado Adjunto e da Energia, João Galamba.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG