Mais de quatro mil viaturas com taxímetros atualizados desde 1 de junho

No início do mês entraram em vigor as novas tarifas dos táxis, que subiram em média mais de 8%.

Dinheiro Vivo/Lusa
Novo tarifário em vigor desde o início de junho © Maria João Gala /Global Imagens

Os taxímetros de 4850 viaturas, num universo de 13 mil veículos, foram atualizados desde 1 de junho, primeiro mês da entrada em vigor do novo tarifário, que subiu em média mais de 8%, informou o Governo esta segunda-feira

As tarifas dos táxis subiram em média mais de 8% em 01 de junho, segundo a convenção assinada entre a Direção-Geral das Atividades Económicas, a ANTRAL e a Federação Portuguesa do Táxi e homologada pelo Governo.

Em comunicado, o Ministério da Economia e do Mar adianta que no final de junho, primeiro mês da entrada em vigor do novo tarifário, registou-se uma taxa de atualização dos taxímetros de 41%, considerando a capacidade atualmente instalada para cerca de 11800 verificações mensais.

"A atualização dos taxímetros decorre, assim, com normalidade, contabilizando-se já 4.850 viaturas verificadas num universo de 13.000 veículos", é referido na nota.

Segundo a nota, o Instituto Português da Qualidade, I.P., que supervisiona e coordena a atividade do controlo metrológico legal, está a assegurar a cobertura nacional do controlo, bem como a capacidade instalada pelos organismos de verificação metrológica de taxímetros.

A informação de que a secretária de Estado do Turismo, Comércio e Serviços, Rita Marques, tinha homologado a convenção que procedeu à atualização das tarifas para a prestação do serviço de transporte de passageiros em táxi foi anunciada em 18 de maio, pelo gabinete do ministro da Economia e do Mar.

A convenção foi celebrada no dia 13 desse mês, entre a Direção-Geral das Atividades Económicas, a ANTRAL -- Associação Nacional dos Transportadores Rodoviários em Automóveis Ligeiros e a Federação Portuguesa do Táxi (FPT), "depois de um processo intenso de negociação e de auscultação" junto do Instituto da Mobilidade e dos Transportes e das associações de consumidores.

De acordo com a Convenção, a programação do novo tarifário, a verificação metrológica e a selagem dos taxímetros deverão ser efetuadas até 31 de julho.

"Para o efeito encontram-se atualmente qualificados como organismos de verificação metrológica de taxímetros mais de 30 entidades, com distribuição geográfica por todo o território nacional", refere o Ministério da Economia e do Mar.

Na nota é indicado que o "sistema de verificações atualmente implementado está dotado de uma capacidade reforçada face à anteriormente existente, dependendo sempre dos proprietários dos veículos promover o agendamento da respetiva verificação".

Enquanto a atualização não for efetuada no respetivo taxímetro, os consumidores continuam a pagar o serviço de acordo com a tarifa antiga, é ainda referido no comunicado.

Mais Notícias

Veja Também

Outros Conteúdos GMG