Particulares reforçaram os depósitos em 3,5 mil milhões em outubro

Particulares fecharam o mês de outubro com 169,7 mil milhões de euros depositados nos cofres dos bancos.

Elisabete Tavares
(Reinaldo Rodrigues/Global Imagens) © Reinaldo Rodrigues/Global Imagens

Os particulares depositaram 3556 milhões de euros nos bancos em outubro, mais 34 milhões de euros do que o valor depositado no mês anterior, apesar de a taxa de juro média ter atingido um novo mínimo histórico de 0,04%.

Os particulares fecharam o mês de outubro com 169,7 mil milhões de euros depositados nos cofres dos bancos em Portugal, um valor que se aproxima do recorde de 169,9 mil milhões de euros registado em julho.

No caso das empresas, os novos depósitos "totalizaram 921 milhões de euros, dos quais 881 milhões de euros foram aplicados em depósitos até 1 ano, remunerados a uma taxa de juro média de 0,03%", adianta o Banco de Portugal numa nota de informação divulgada esta quinta-feira.

Lembra que, na área do euro, a taxa de juro dos novos depósitos de empresas permanece negativa desde agosto de 2019.

Atualizada às 12H30 com mais informação

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG