Programa Apoiar para indústrias intensivas de gás com 183 candidaturas no primeiro concurso

Ministério da Economia explica que 66% (dois terços) das candidaturas são de micro, pequenas e médias empresas. O programa tem uma dotação total de 160 milhões de euros.

Dinheiro Vivo/Lusa
Programa conta com 183 candidaturas © JOE KLAMAR/AFP

O primeiro concurso do programa Apoiar dirigido às indústrias intensivas de gás registou 183 candidaturas que beneficiarão de um incentivo superior a 14 milhões de euros, anunciou o Ministério da Economia e do Mar esta segunda-feira.

Destas 183 candidaturas, dois terços (66%), corresponde a micro, pequenas e médias empresas, segundo detalha a mesma informação.

Em causa está o resultado do primeiro concurso do Programa Apoiar Indústrias Intensivas de Gás, cujo período elegível compreendeu os meses de fevereiro e março, e que consiste na atribuição de apoios a fundo perdido às empresas mais afetadas pelo aumento do preço do gás natural.

Este programa tem uma dotação total de 160 milhões de euros e dirige-se a empresas "inseridas em setores com utilização intensiva de gás ou que tenham um custo total nas aquisições de gás em 2021 de, pelo menos, 2% do volume de negócios anual", refere o ministério liderado por António Costa Silva.

O aviso para este primeiro concurso foi publicado na primeira semana de junho, tendo o período de candidaturas sido encerrado em 30 de junho.

Mais Notícias

Veja Também

Outros Conteúdos GMG