Von der Leyen em Lisboa na próxima semana para aprovar PRR português

A presidente da Comissão Europeia vai estar em Portugal na quarta-feira para dar "luz verde" ao plano de recuperação. Aprovação dos fundos deverá acontecer pouco depois.

Paulo Ribeiro Pinto
António Costa e Ursula von der Leyen © CE

A presidente da Comissão Europeia estará em Portugal na próxima quarta-feira, dia 16 de junho, para dar "luz verde" ao plano de recuperação e resiliência (PRR) que dá acesso aos dinheiros da chamada "bazuca" europeia.

O an​​​​​úncio foi feito esta sexta-feira, pela porta-voz do executivo comunitário. "Posso anunciar que a presidente von der Leyen vai visitar um conjunto de Estados-membros no âmbito do mecanismo europeu de recuperação e resiliência/NextGenerationEU e a avaliação dos planos nacionais. Vai viajar para Portugal e Espanha no dia 16 de junho, para a Grécia e a Dinamarca no dia 17 de junho e para o Luxemburgo no dia 18 de junho", indicou Dana Spinant.

Já esta semana, a presidente do executivo comunitário indicou que na próxima semana começariam a ser aprovados os primeiros planos nacionais de recuperação e resiliência.

Portugal, que foi o primeiro Estado-membro a entregar formalmente em Bruxelas o respetivo Plano de Recuperação e Resiliência, em abril, espera que o mesmo esteja no primeiro grupo de planos a serem aprovados pela Comissão e adotados pelo Conselho de ministros das Finanças da UE (Ecofin), sob presidência portuguesa até final de junho.

O plano português prevê projetos de 16,6 mil milhões de euros, dos quais 13,9 mil milhões de euros dizem respeito a subvenções a fundo perdido.

Em 1 de junho, e uma vez concluído o processo de ratificação da decisão de recursos próprios pelos 27 Estados-membros - o que era uma condição indispensável para Bruxelas poder ir aos mercados emitir dívida para financiar o pacote de recuperação -, a Comissão anunciou que iria emitir cerca de 80 mil milhões de euros em obrigações de longo prazo, a primeira operação para angariar financiamento destinado a apoiar a recuperação económica europeia pós-crise pandémica.

Notícia atualizada às 12h30

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG