Atentados em Paris

Anonymous já começou ofensiva contra terroristas suspeitos do atentado de Paris

Depois de declarar "guerra total" aos extremistas do auto proclamado Estado Islâmico, o grupo de ativistas Anonymous diz ter começado a publicar dados pessoais dos terroristas autores dos atentados da passada sexta-feira em Paris.

Segundo o jornal inglês The Independent, o grupo ativista já tem as listas com as contas do Twitter e dos sites mais frequentados pelos extremistas alegadamente envolvidos nos ataques em Paris.

O objetivo, segundo o grupo Anonymous, é combater os terroristas. Segundo garantem, já começaram a divulgar informação pessoal destes indivíduos nas redes sociais, como por exemplo, a morada de um dos recrutadores de extremistas na Europa

Segundo o site Yahoo News,  esta organização de hackers difundiu uma lista de mil contas de Twitter relacionadas com o Estado Islâmico, mas esta terá, entretanto, sido eliminada. Outra das informações divulgadas é a de que já terão sido bloqueadas cerca de cinco mil contas no Twitter.

Esta terça-feira, o grupo Anonymous já tinha publicado um vídeo, que difundido nas redes sociais, no qual uma figura encapuçada afirma que os ataques em Paris “não podem ficar sem castigo” e sublinha a intenção de identificar os membros do ISIS, prometendo operações massivas contra os terroristas. A ameaça foi complementada com uma mensagem no Twitter, seguindo-se outras publicações.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Ilustração: Vítor Higgs

Indústria têxtil em força na principal feira de Saúde na Alemanha

O Ministro das Finanças, João Leão. EPA/MANUEL DE ALMEIDA

Nova dívida da pandemia custa metade da média em 2019

spacex-lanca-com-sucesso-e-pela-primeira-vez-a-nave-crew-dragon-para-a-nasa

SpaceX lança 57 satélites para criar rede mundial de Internet de alta velocidade

Anonymous já começou ofensiva contra terroristas suspeitos do atentado de Paris