APB

António de Sousa: Nuno Amado é “excelente solução” para o BCP

Miguel Moreira Rato, M Public Relations
Miguel Moreira Rato, M Public Relations

O presidente da Associação Portuguesa de Bancos (APB), António de Sousa, elogiou hoje a escolha de Nuno Amado para a liderança do BCP, salientando que a atual situação do banco, tal como do setor financeiro português em geral, é complicada.

“É uma pessoa que conheço bem, há muitos anos, e acho que é uma excelente solução”, afirmou aos jornalistas António de Sousa, sobre o futuro presidente do BCP, Nuno Amado, à margem da sua audição na Comissão Eventual para Acompanhamento das Medidas do Programa de Assistência Financeira a Portugal, no Parlamento.

Questionado pelos jornalistas sobre se a tarefa que espera Nuno Amado no BCP é difícil, António de Sousa concordou: “Vai ter concerteza [um mandato difícil], como todas as pessoas que neste momento estão à frente do nosso sistema financeiro estão a ter e, no caso do dr. Nuno Amado, dado os números que são conhecidos em relação ao BCP, e dada a dimensão do Grupo BCP, será concerteza difícil. Aliás, ele próprio já o disse”.

O banqueiro Nuno Amado, que está em trânsito da liderança do Santander Totta para o BCP, disse na terça-feira aos jornalistas estar “confiante” perante o novo desafio, ainda que admitindo que a missão que tem pela frente não será fácil.

” entrada para um evento em Lisboa, Nuno Amado revelou estar “confiante” com o novo desafio de liderar o maior banco privado português.

O responsável não quis proferir muito mais declarações uma vez que, segundo o próprio, no final de fevereiro haverá uma assembleia-geral que formalizará a sua entrada no banco.

Ainda assim, quando questionado sobre o desafio que o espera no BCP, o banqueiro admitiu que “fácil não vai ser”.

A propósito da escolha que tomou em deixar o Santander Totta para passar a presidir o BCP, Nuno Amado disse que foi “uma decisão bem tomada”, ainda que, quando questionado sobre se tinha sido uma opção difícil, tenha dito que sim. “Foi”, respondeu aos jornalistas.

O banqueiro revelou ainda que a decisão de aceitar o convite formulado por acionistas de referência do BCP para substituir Carlos Santos Ferreira na liderança do BCP “foi muito rápida”.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje

Página inicial

LUÍS FORRA/LUSA

Dia 7. Termina greve dos motoristas

Francisco São Bento, presidente do SNMMP. Foto: Sara Matos/Global Imagens

Cinco momentos chave numa greve de sete dias

Outros conteúdos GMG
António de Sousa: Nuno Amado é “excelente solução” para o BCP