transportes e logística

ANTRAM negoceia melhorias no setor dos transportes rodoviários de mercadorias

transportes-capa-03920e2c176f1543d88b6224608b3207b1148f36

A ANTRAM e o Governo vão negociar e procurar soluções para melhorar o setor do transporte rodoviário de mercadorias, até ao final deste ano.

O Presidente da ANTRAM, Gustavo Paulo Duarte e o secretário de Estado das Infraestruturas Guilherme W. d’Oliveira Martins assinaram, esta quinta-feira, um protocolo onde se comprometem a implementar melhorias no setor do transporte rodoviário, a curto e a médio prazo. Em causa estão as propostas de trabalho que já tinham sido apresentadas pela ANTRAM.

Até 30 de junho, as partes negociarão o licenciamento de veículos, a emissão de certificados de aprovação e fiscalização da atividade do transporte rodoviário de mercadorias. Entre as várias medidas, estará em cima da mesa a prorrogação do tempo do regime do gasóleo profissional a todo o território nacional; e do regime previsto para o abastecimento em instalações de consumo próprio. Vai ser debatido o alargamento das condições de elegibilidade, aumentando o limite máximo de abastecimento anual para 35 mil litros por veículo.

Até ao fim de dezembro, a médio prazo, serão discutidas outras matérias como o apoio às tesourarias das empresas, a alteração do regime fiscal do gasóleo profissional e ainda os benefícios fiscais aplicável ao setor. Vai também ser revisto o regime do IVA, a possibilidade de um maior controlo nas grandes superfícies e o alargamento dos seguros das frotas.

Para além do Ministério das Infraestruturas, a ANTRAM vai trabalhar em conjunto com o Ministério da Administração Interna e da Segurança Social para modificar o regime jurídico das contraordenações para o transporte rodoviário de mercadorias, e para desenvolver uma lei laboral específica para o setor.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Ministro das Finanças, Mário Centeno, na apresentação do Orçamento do Estado para 2019. 16 de outubro de 2018. REUTERS/Rafael Marchante

Bruxelas envia carta a Centeno a pedir o triplo do esforço orçamental

lisboa-pixabay-335208_960_720-754456de1d29a84aecbd094317d7633af4e579d5

Estrangeiros compraram mais de mil imóveis por mais de meio milhão de euros

João Galamba (secretário de estado da energia) , João Pedro Matos Fernandes (Ministro para transição energética) e António Mexia  (EDP) durante a cerimonia de assinatura de financiamento por parte do Banco Europeu de Investimento (BEI) da Windfloat Atlantic. Um projecto de aproveitamento do movimento eólico no mar ao largo de Viana do Castelo.
(Reinaldo Rodrigues/Global Imagens)

Mexia diz que EDP volta a pagar a CESE se governo “cumprir a sua palavra”

Outros conteúdos GMG
ANTRAM negoceia melhorias no setor dos transportes rodoviários de mercadorias