Coronavírus

App Sem Filas junta-se ao MBWay e vai dar prémios

Tiago Gonçalves na sede da Innowave, em Lisboa.
( Álvaro Isidoro / Global Imagens )
Tiago Gonçalves na sede da Innowave, em Lisboa. ( Álvaro Isidoro / Global Imagens )

InnoWave e SIBS ajudam a controlar tempos de espera. Quem contribuir será recompensado.

É como um GPS que indica quanto tempo vai ter de esperar para chegar a sua vez nas lojas e agora vai dar prémios a quem contribuir com informação útil para determinar esses tempos. Passando a estar integrada no MBWay, a app Sem Filas, criada pela InnoWave, tem assim um upgrade que passa também por esta compensação aos utilizadores, seguindo a lógica da gamificação.

A tecnológica portuguesa e a MBWay uniram esforços para procurar minimizar a exposição dos portugueses ao novo coronavírus, juntando o melhor da tecnologia por esta causa. Assim, já a partir de hoje, a app Sem Filas passa a estar integrada na plataforma MB Challenge, possibilitando que os mais de 2,3 milhões de utilizadores do MBWay, “particularmente aqueles que estão inscritos nesta plataforma de gamification, tenham a oportunidade de ajudar a comunidade a que pertencem de uma forma prática e ativa, dando indicações do tempo de espera nas filas de supermercados e farmácias, ao mesmo tempo que ganham pontos convertíveis em prémios”, explica a empresa.

Lançada no início de abril, esta app e permite saber em tempo real quanto terá de esperar nas filas dos estabelecimentos nas redondezas. Tendo como principal premissa a participação da comunidade, a app pressupõe o envolvimento dos seus utilizadores através da partilha de informação do tempo que esteve em fila de espera numa loja, podendo assim informar a comunidade e ajudar a evitar aglomerados e exposição desnecessária.

“A nossa missão é mudar vidas através da inovação e agora, mais do que nunca, queremos, juntos, fazer a diferença. Inspirados pela própria comunidade, unimos esforços juntamente com parceiros como a SIBS, através do MBWay, para juntos garantirmos um amanhã mais próximo. Com esta união, esperamos trazer com a semfilas.pt, a garantia da segurança de todos e a prevenção da mesma, proporcionando uma maior segurança nas deslocações da população, eliminando os riscos de contágio”, sublinha Tiago Gonçalves da InnoWave. “Estamos a viver um momento sem precedentes, em que a generosidade e a solidariedade de todos os portugueses têm sido evidentes. Também a SIBS se tem associado a diversas iniciativas, mantendo-se atenta à forma como pode dar o seu contributo na resposta às necessidades sociais atuais, e o MBWay tem-se revelado o método mais seguro para as compras em lojas físicas porque permite que o pagamento se faça utilizando apenas o telemóvel próprio, sem contacto, diminuindo de forma significativa o risco de contágio”, junta Gonçalo Amaro, diretor de Digital & e-commerce da SIBS.

De acordo com a InnoWave, a app Sem Filas conta já com 19 mil visitantes, que fazem em média 30 reports por dia, tendo sido já carregados no serviço mais de 12 mil estabelecimentos. Com a integração no MBWay Challenge (que pode implicar uma atualização da app), “os utilizadores podem configurar a dimensão da fila onde se encontram num só click, de forma fácil e segura. Ao darem essa informação aos restantes utilizadores, nesta ótica social e comunitária, serão recompensados com 500 pontos ou MBs por cada operação, para um máximo de três contributos por dia, no caso de serem lojas diferentes, ou com um intervalo de 12 horas, se o contributo for relativo à mesma loja”.

Os pontos acumulados são convertíveis em prémios, de acordo com os vários modelos de jogo e de participação disponíveis no MB Challenge. Este projeto conta ainda com o apoio de outros parceiros como o governo, a Altice, a A-to be, a Arrow Electronics, o Banco CTT, a Câmara Municipal de
Cascais, a Microsoft e as empresas do grupo InnoWave Vigie e yubuy.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Utentes à saída de um cacilheiro da Transtejo/Soflusa proveniente de Lisboa, em Cacilhas, Almada. MÁRIO CRUZ/LUSA

Salário médio nas empresas em lay-off simplificado caiu 2%

TikTok

Microsoft estará interessada na compra da operação global do TikTok

A ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, Ana Mendes Godinho (D), ladeada pelo secretário de Esatdo dos Assuntos Parlamentares, Duarte Cordeiro (E), intervém durante a interpelação do Partido Comunista Português (PCP) ao Governo sobre a "Proteção, direitos e salários dos trabalhadores, no atual contexto económico e social", na Assembleia da República, em Lisboa, 19 de junho de 2020. MÁRIO CRUZ/LUSA

Já abriu concurso para formação profissional de 600 mil com ou sem emprego

App Sem Filas junta-se ao MBWay e vai dar prémios