Economia

Programa Valorizar aprova 303 projetos com investimento superior a 70 milhões

Passadiços da Ecovia dos Arcos de Valdevez.
(Rui Manuel Fonseca / Global Imagens)
Passadiços da Ecovia dos Arcos de Valdevez. (Rui Manuel Fonseca / Global Imagens)

O Programa Valorizar já aprovou 303 projetos, que representam um investimento superior a 70 milhões de euros.

O ministro da Economia, Manuel Caldeira Cabral, disse esta terça-feira já foram aprovados 303 projetos no âmbito do Programa Valorizar, que representam um investimento superior a 70 milhões de euros.

O governante falava aos jornalistas em Santa Comba Dão, no final da assinatura de contratos da Linha de Apoio à Valorização Turística do Interior do Programa Valorizar, nomeadamente a Ecopista do Vouga, a Ecovia do Mondego e a EuroVelo1 — Rota da Costa Atlântica, todos na Região Centro e integrados no projeto Portuguese Trails.

Segundo Manuel Caldeira Cabral, trata-se de uma promoção turística diferente da que tem sido feita, “de um turismo de natureza” que “está a dar grandes resultados”.

“O Turismo está a crescer mais nestas regiões ligadas à natureza, como é a região Centro — que foi a que mais cresceu em termos de número de hóspedes no ano passado –, mas noutras regiões também, como Alentejo ou os Açores”, frisou.

O ministro explicou que existem “desde projetos privados, até projetos públicos, projetos de recuperação de lugares históricos, ligados ao enoturismo, às praias fluviais, aos passadiços”, sendo todos eles “projetos que valorizam o contacto dos turistas com a paisagem e com o que há de melhor em Portugal”.

“Começámos em dezembro do ano passado com 140 trilhos apenas na região do Algarve. No Portuguese Trails e no ‘site’ já estão disponíveis mais de 300 trilhos que incluem também a região do Alentejo e a Região Centro e esperamos, até ao fim do ano, ter já a região Norte”, afirmou o governante.

Segundo Manuel Caldeira Cabral, não importa apenas a quantidade de trilhos, mas que haja “cada vez mais rotas que liguem vários destes trilhos e permitam a uma pessoa ir do litoral para o interior, do norte para o sul do país, fazer um plano para três dias em que percorre uma centena de quilómetros ou um plano para uma semana ou um mês em que percorre o país todo e descobre diferentes paisagens”.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Pedro Queiroz Pereira

Pedro Queiroz Pereira deixa império de mil milhões

Pedro Queiroz Pereira, presidente do conselho de administração da Semapa

Semapa: “Mais do que um património, PQP deixa força e deixa valores”

Bruno Bobone

Bruno Bobone: PQP “era um exemplo de coragem e persistência”

Outros conteúdos GMG
Programa Valorizar aprova 303 projetos com investimento superior a 70 milhões