Economia

Programa Valorizar aprova 303 projetos com investimento superior a 70 milhões

Passadiços da Ecovia dos Arcos de Valdevez.
(Rui Manuel Fonseca / Global Imagens)
Passadiços da Ecovia dos Arcos de Valdevez. (Rui Manuel Fonseca / Global Imagens)

O Programa Valorizar já aprovou 303 projetos, que representam um investimento superior a 70 milhões de euros.

O ministro da Economia, Manuel Caldeira Cabral, disse esta terça-feira já foram aprovados 303 projetos no âmbito do Programa Valorizar, que representam um investimento superior a 70 milhões de euros.

O governante falava aos jornalistas em Santa Comba Dão, no final da assinatura de contratos da Linha de Apoio à Valorização Turística do Interior do Programa Valorizar, nomeadamente a Ecopista do Vouga, a Ecovia do Mondego e a EuroVelo1 — Rota da Costa Atlântica, todos na Região Centro e integrados no projeto Portuguese Trails.

Segundo Manuel Caldeira Cabral, trata-se de uma promoção turística diferente da que tem sido feita, “de um turismo de natureza” que “está a dar grandes resultados”.

“O Turismo está a crescer mais nestas regiões ligadas à natureza, como é a região Centro — que foi a que mais cresceu em termos de número de hóspedes no ano passado –, mas noutras regiões também, como Alentejo ou os Açores”, frisou.

O ministro explicou que existem “desde projetos privados, até projetos públicos, projetos de recuperação de lugares históricos, ligados ao enoturismo, às praias fluviais, aos passadiços”, sendo todos eles “projetos que valorizam o contacto dos turistas com a paisagem e com o que há de melhor em Portugal”.

“Começámos em dezembro do ano passado com 140 trilhos apenas na região do Algarve. No Portuguese Trails e no ‘site’ já estão disponíveis mais de 300 trilhos que incluem também a região do Alentejo e a Região Centro e esperamos, até ao fim do ano, ter já a região Norte”, afirmou o governante.

Segundo Manuel Caldeira Cabral, não importa apenas a quantidade de trilhos, mas que haja “cada vez mais rotas que liguem vários destes trilhos e permitam a uma pessoa ir do litoral para o interior, do norte para o sul do país, fazer um plano para três dias em que percorre uma centena de quilómetros ou um plano para uma semana ou um mês em que percorre o país todo e descobre diferentes paisagens”.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Lisboa, 19/10/2018 - Pedro Marques, ministro do Planeamento e das Infraestruturas, fotografado nos estúdios da TSF antes da entrevista “A Vida do Dinheiro” do DV/TSF
( Gustavo Bom / Global Imagens )

Pedro Marques. “Investimento vai crescer 34% só no meu ministério”

venda-carros-novos-consumidor-2017-apresenta-leve-queda-album-886d083d8a98b46c22c0d6c819efd2597e8ce6fb

ASFAC: Crédito ao consumo mais caro vai afetar consumidores

Mário Centeno, ministro das Finanças. (Fotografia: Pedro Rocha / Global Imagens)

Ajustamento de Centeno será o terceiro maior do euro

Outros conteúdos GMG
Programa Valorizar aprova 303 projetos com investimento superior a 70 milhões