Arrendamento

Arrendamento acessível. 591 alojamentos disponíveis e 160 contratos assinados

Foto: Gustavo Bom/Global Imagens
Foto: Gustavo Bom/Global Imagens

A Plataforma de Arrendamento Acessível tem 25 mil utilizadores registados. Há 591 alojamentos registados e estão ativos 160 contratos.

A Plataforma de Arrendamento Acessível (PAA), lançada a 1 de julho, tem quase 600 alojamento registados e já conta com 160 contratos. Já foram submetidos, de acordo com o comunicado do ministério das Infraestruturas e Habitação, 9.317 candidaturas e registados 591 alojamentos. “Estão ativos 160 contratos ao abrigo do PAA, o que significa que 160 famílias já estão a beneficiar de arrendamento com renda abaixo do valor de mercado”.

As contas do ministério indicam que, em média, são inscritos 3,6 alojamentos por dia nesta plataforma e celebrados mais de um contrato a cada dois dias. “Do total de contratos celebrados, a maioria (43%) usufrui de um valor de um valor de renda entre os 300 euros e os 500 euros mensais, 36% beneficia de uma renda entre os 500 euros e os 800 euros, 12% paga um valor mensal inferior a 300 euros e apenas 8% suporta uma renda acima dos 800 euros”, pode ler-se no comunicado.

A maioria dos contratos – 76% – localizam-se na Área Metropolitana de Lisboa e 10% na Área Metropolitana do Porto. Em Fevereiro, o ministério das Infraestruturas e Habitação assinou com “mais de uma dezena de plataformas e agentes de mediação imobiliária protocolos que visam facilitara divulgação e pesquisa de alojamento acessível e a sensibilização dos agentes do sector para a adesão ao PAA”.

Foi precisamente no segundo mês do ano que houve o maior número de registo de imóveis para arrendar: foram 84. Sendo que foram celebrados 28 contratos de arrendamento. Contudo, a pandemia do novo coronavírus também teve efeitos já notórios sobre o mercado imobiliário. Segundo o ministério, em março (mês em que a pandemia se começou a sentir mais fortemente no País tendo Portugal entrado em Estado de Emergência a 19 de março), abril e maio (até dia 21) houve 115 novos registos de imóveis, tendo sido celebrados 55 contratos ao abrigo do PAA.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Fotografia: José Carmo/Global Imagens

ISEG estima queda do PIB entre 8% e 10% este ano

António Mota, fundador da Mota-Engil. Fotografia: D.R.

Mota-Engil é a única portuguesa entre as 100 maiores cotadas do setor

António Rios Amorim, CEO da Corticeira Amorim. Fotografia: Tony Dias/Global Imagens

Lucros da Corticeira Amorim caíram 15,1% para 34,3 milhões no primeiro semestre

Arrendamento acessível. 591 alojamentos disponíveis e 160 contratos assinados