Hotelaria

Associação da Hotelaria “preocupada” com taxa turística no Algarve

Associação da Hotelaria de Portugal revela que os portugueses preferem o Algarve para passarem as suas férias

Hoteleiros lembram forte sazonalidade do Algarve e estadias prolongadas que exigem uma análise ao setor antes da implementação de um novo tributo

A decisão de se avançar com uma taxa turística nos 16 municípios do Algarve está a preocupar a Associação da Hotelaria de Portugal (AHP). A AHP foi surpreendida com a decisão de se implementar uma taxa aos turistas que ficam na região sem consulta aos hoteleiros.

“O facto de o Algarve ser um destino demasiado sazonal e de estadias mais prolongadas na hotelaria, por comparação com destinos urbanos, vai obrigar também os hoteleiros a ajustar os seus preços, principalmente em época baixa, de forma a compensar os seus hóspedes, pelo que esta decisão sem qualquer consulta à hotelaria demonstra um total desconhecimento da realidade do setor”, refere a AHP em comunicado, acrescentando que a introdução de uma taxa é “inoportuna e desadequada”.

A reação da Associação que representa os hoteleiros a nível nacional chega depois de a Comunidade Intermunicipal do Algarve (AMAL) ter aprovado, por unanimidade, a introdução de uma taxa turística de valor igual para todos os municípios e cujas receitas serão geridas pelas autarquias, “ficando em aberto a consignação de uma parte das receitas para projetos geridos pela AMAL”.

O valor, as regras, e o arranque da aplicação do tributo serão decididos numa próxima reunião. A Associação que reúne os hoteleiros do Algarve já tinha reagido esta terça-feira de manhã.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
O primeiro-ministro, António Costa (C), acompanhado pelo presidente da Câmara Municipal de Lisboa, Fernando Medina (D), pelo ministro do Ambiente e da Transição Energética, João Pedro Campos Fernandes (E), após o ato público de assinatura dos contratos para a redução tarifária nos transportes públicos na área metropolitana de Lisboa, na Gare do Oriente, em Lisboa, 18 de março de 2019. MÁRIO CRUZ/LUSA

Cinco regiões só terão passes mais baratos em maio

fake-1909821_1920

Fake news. Portugal no top 10 da UE com mais contas bloqueadas pela Google

REUTERS/Rafael Marchante

CTT propõe aumentos até 0,4%. CEO recupera 25% do salário

Outros conteúdos GMG
Conteúdo TUI
Associação da Hotelaria “preocupada” com taxa turística no Algarve