Atividade económica com queda "mais acentuada" no final de fevereiro

Indicador do Banco de Portugal sinaliza uma queda homóloga "mais acentuada" na última semana de fevereiro.

A economia portuguesa voltou a dar sinais de queda no final de fevereiro, depois de alguma estabilização, aponta o indicador diário do Banco de Portugal divulgado esta quinta-feira.

"Na última semana de fevereiro, o indicador diário de atividade económica (DEI) apresentou uma queda homóloga mais acentuada do que a observada na semana anterior", refere a nota do banco central nacional.

A média móvel semanal deste indicador, na semana centrada em 25 de fevereiro, aponta para uma contração homóloga de 6,3% da atividade económica, quando na semana anterior era de 3,6%.

Apesar de registar uma queda, este indicador ainda está longe do decréscimo verificado em abril do ano passado, durante o primeiro confinamento geral, quando afundou mais 20% (média móvel) em abril e afasta-se do trambolhão dado em janeiro depois de decretadas maiores restrições aos movimentos.

Antes do confinamento geral decretado na segunda quinzena de janeiro, o indicador de atividade económica (Daily Economic Indicator, ou DEI, na designação inglesa) estava com valores homólogos positivos.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de