Banco de Portugal

Atividade económica e consumo privado recuam em junho

Fotografia: Global Imagens
Fotografia: Global Imagens

"Em junho, o indicador coincidente mensal para a atividade económica manteve a trajetória descendente iniciada em outubro de 2017", aponta o BdP.

O indicador coincidente para a atividade económica manteve em junho a descida iniciada em outubro e o indicador para o consumo privado também recuou, divulgou esta quinta-feira o Banco de Portugal (BdP).

“Em junho, o indicador coincidente mensal para a atividade económica manteve a trajetória descendente iniciada em outubro de 2017. O indicador coincidente mensal para o consumo privado diminuiu face ao mês anterior”, referiu o supervisor financeiro.

O indicador coincidente mensal para a atividade económica recuou para 1,9%, face aos 2,1% de maio, enquanto o indicador coincidente mensal para o consumo privado diminuiu para 2,0%, em comparação com os 2,1% de maio.

Segundo o BdP, os indicadores coincidentes são indicadores compósitos que procuram captar a evolução subjacente da variação homóloga do respetivo agregado macroeconómico.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
O presidente executivo do Banco Santander Totta, António Vieira Monteiro, intervém durante a divulgação dos resultados relativos ao 1.º semestre de 2018 do Santander Totta, Lisboa, 1 de agosto de 2018. MIGUEL A. LOPES/ LUSA

Santander prepara redução do número de trabalhadores em Portugal

Fotografia: Kacper Pempel/ Reuters

Endividamento do setor não financeiro sobe 1,6 mil milhões em agosto

psp

Governo prevê poupar 3 milhões com fardas de militares e polícias

Outros conteúdos GMG
Atividade económica e consumo privado recuam em junho