Auditoria Cidadã à dívida elege 44 membros

A convenção de cidadãos que pretende fazer uma auditoria à dívida pública elegeu ontem os 44 elementos que vão integrar esta comissão.

Entre os seus membros estão o secretário geral da CGTP, Carvalho da Silva, o deputado do BE José Soeiro, o economista e comunista Octávio Teixeira, a ex-secretária de Estado da Educação os Ana Benavente ou ainda Boaventura Sousa Santos.

Em comunicado, a Convenção da Iniciativa para uma Auditoria Cidadã à Dívida Pública diz ter reunido “mais de 700 pessoas”, na sexta-feira e ontem, em Lisboa, para “discutir o âmbito, competências e estratégia para realizar a Auditoria Cidadã, que procurará dar a conhecer a origem e a composição das várias parcelas da dívida pública portuguesa”.

“Dizem-nos que cortar despesa pública, aumentar impostos e taxas, degradar o nível de provisão e de qualidade dos serviços públicos para servir a dívida sem falha é “a única alternativa”. Mas como pode ser alternativa o que não chega sequer a ser uma solução?”, questiona o documento.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Caixa Geral de Dep—ositos -

Sete dos créditos de risco da CGD tiveram perdas de 100%

(Rui Oliveira / Global Imagens)

Quota de mercado dos carros a gasóleo cai para mínimos de 2003

Operadores da Groundforce onde a operação da empresa de ‘handling’ Groundforce inclui números como cinco minutos e 400 toneladas, mas também o objetivo de chegar ao fim de 2019 com 3.600 colaboradores, aeroporto Humberto Delgado, em Lisboa, 22 de janeiro de 2018. Para que os aviões estejam no ar, a Groundforce faz toda a assistência em terra, excetuando o fornecimento de comida e de combustível, como resume o presidente executivo da empresa, Paulo Neto Leite, numa visita guiada aos ‘bastidores’ do Aeroporto Humberto Delgado, em Lisboa. MÁRIO CRUZ/LUSA

Com o aeroporto de Lisboa “no limite”, Groundforce exige à ANA que invista já

Outros conteúdos GMG
Conteúdo TUI
Auditoria Cidadã à dívida elege 44 membros