Função Pública

Aumentos na Função Pública podem chegar com valor fixo

REUTERS/Pedro Nunes
REUTERS/Pedro Nunes

O Governo, o Bloco de Esquerda e o PCP estão a negociar aumentos num valor fixo em vez de subidas percentuais.

O primeiro-ministro, António Costa, apontou esta sexta-feira para aumentos salariais na Função Pública. E essa melhoria poderá chegar num valor fixo em euros em vez de ser uma atualização percentual, segundo o Público e o Jornal de Negócios. O objetivo é que as atualizações salariais privilegiem os salários mais baixos, o que não aconteceria caso fosse definido um aumento percentual para toda a Função Pública.

O líder do governo tinha referido, citado pela Lusa, que “estamos a trabalhar, no quadro das negociações, para ver se há margem para podermos ir um pouco mais além e, para além do descongelamento das carreiras, poder haver, pela primeira vez em muitos anos, algum aumento salarial efetivo e não só reposições ou descongelamentos”.

O aumento num valor fixo em euros é uma das opções que está a ser discutida entre o Governo, o Bloco de Esquerda e o PCP nas negociações para o Orçamento do Estado do próximo ano. Mas ainda não está fechado se essa atualização nominal será para todos os funcionários públicos ou se será aplicada apenas aos funcionários com salários mais baixos.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
(Artur Machado / Global Imagens)

Dinheiro Vivo mantém-se líder digital dos económicos

(Artur Machado / Global Imagens)

Dinheiro Vivo mantém-se líder digital dos económicos

O ex-governador do Banco de Portugal (BdP), Vítor Constâncio, na II Comissão Parlamentar de Inquérito à Recapitalização da Caixa Geral de Depósitos e à Gestão do Banco, na Assembleia da República. TIAGO PETINGA/LUSA

BCP, Berardo e calúnias. As explicações de Constâncio no inquérito à CGD

Outros conteúdos GMG
Aumentos na Função Pública podem chegar com valor fixo