Automóvel

Automóveis: Filtros de partículas continuam a ser retirados de forma ilegal

exhaust-3538388_1920

Oficinas continuam a remover filtros de partículas dos automóveis. Centros de inspeção não têm capacidade para fiscalizar esta fraude.

As oficinas de mecânicos continuam a oferecer serviços de remoção do filtro de partículas. A prática é ilegal, uma vez que, desde 2009 está em vigor o pacote de medidas Euro 5, que obriga os automóveis a gasóleo a circular com esse filtro por questões ambientais. O filtro de partículas retém cerca de 80% das emissões produzidas pelo escape.

Como noticia o jornal Público, esta segunda-feira, há automobilistas que preferem pagar 400 euros para a remoção do filtro de partículas, quando este entope, ao invés de 1000 euros para colocar um novo.

A prática continua, apesar das denúncias, uma vez que os centros de inspeção não têm capacidade para de a fiscalizar. “Não há ninguém que detete se a viatura tem ou não filtro”. O carro continua a funcionar e os automobilistas contam com menos despesas de manutenção.

“É impossível fazer essa verificação, porque não podemos, por lei, desmontar qualquer peça dos veículos e em muitos casos a existência ou não do filtro não é aferível a olho nu”, confirma o presidente da Associação Nacional dos Centros de Inspeção Automóvel (ANCIA), Paulo Areal.

A associação ambientalista Zero pede uma “aplicação séria” da diretiva e chama a atenção para a “falta de sentido” que é continuar a inspecionar carros atuais tendo por base critérios de emissão que têm quase 20 anos, indica o diário. A Zero salienta que esta fraude tem não só consequências para o ambiente como também para a saúde pública.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Assembleia da República. Fotografia: António Cotrim/Lusa

Gestores elegem medidas para o novo governo

Entrevista DV/TSF com secretária de Estado do Turismo, Ana Mendes Godinho.
Fotografia: PAULO SPRANGER/Global Imagens)

Ana M. Godinho: “É preciso um compromisso de valorização e subida de salários”

TVI

Cofina avança com OPA sobre 100% da Media Capital por 255 milhões

Outros conteúdos GMG
Automóveis: Filtros de partículas continuam a ser retirados de forma ilegal