Dinheiro Vivo TV

Aveiras de Cima: camiões de serviços mínimos com escolta

A carregar player...

Dispositivo de segurança impediu acesso dos grevistas à saída dos camiões. Circulação decorreu sem percalços

Cerca de uma três dezenas de camionistas grevistas acompanharam, separados por uma grade, a saída dos camiões de combustível da CLC de Aveiras de Cima.

Apesar da greve, que arrancou à meia-noite, as saídas decorreram sem percalços, tendo sido os camiões conduzidos por motoristas a cumprir com os serviços mínimos estipulados pelo Governo a acompanhados por escolta policial.

As autoridades impuseram fortes medidas de segurança, impedindo ao acesso dos grevistas à zona da rotunda, na entrada da CLC, tendo ainda posicionado GNR e carros patrulha nos acessos a Aveiras de Cima.

O Governo acusou o sindicato de não ter cumprido com os serviços mínimos, informação desmentida pelo Sindicato Nacional de Motoristas de Matérias Perigosas, tendo avançado com a requisição civil.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
António Costa, primeiro-ministro português, em Bruxelas. EPA/CHRISTIAN HARTMANN / POOL

O que já se sabe que aí vem no Orçamento para 2020

A coordenadora da Frente Comum, Ana Avoila. ANTÓNIO COTRIM/LUSA

Os 0,3% que acabaram com a paz entre função pública e governo

Marcelo Rebelo de Sousa, Christine Lagarde e Mário Centeno. Fotografia: MIGUEL FIGUEIREDO LOPES/LUSA

Centeno responde a Marcelo com descida mais rápida da dívida

Outros conteúdos GMG
Aveiras de Cima: camiões de serviços mínimos com escolta