Inovação

Aveiro recebe quase 5 milhões para atrair talentos e acelerar transição digital

Aveiro

Ao todo, tinham concorrido 184 projetos à iniciativa, que tinha um orçamento global de 92 milhões de euros, provenientes do FEDER.

Um projeto de Aveiro para atrair talentos e acelerar a transição digital vai receber 4,89 milhões de euros da Comissão Europeia, tendo sido um dos 22 projetos selecionados da iniciativa Ações Urbanas Inovadoras, anunciou esta quarta-feira, em Bruxelas, a instituição.

O anúncio dos projetos contemplados pela iniciativa da Comissão Europeia foi feito ao início da tarde, no âmbito da Semana Europeia das Regiões e Cidades, que decorre em Bruxelas.

Ao todo, tinham concorrido 184 projetos à iniciativa, que tinha um orçamento global de 92 milhões de euros, provenientes do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER).

De acordo com informação da Comissão Europeia enviada à agência Lusa, o projeto da Câmara de Aveiro, que junta outros parceiros, pretende preparar as autoridades locais para “uma revolução tecnológica associada ao 5G [futura geração de telecomunicação móvel] e à ‘Internet das Coisas’, assim como garantir que a mão de obra tem as competências digitais adequadas” para essa mudança.

“O objetivo é reter e atrair talento que, de outra forma, iria para cidades maiores em Portugal e para fora”, refere a síntese do projeto, que tem como parceiros o Instituto de Telecomunicações, o Altice Labs e a Universidade de Aveiro, entre outros.

Segundo o documento, a iniciativa da Câmara Municipal de Aveiro pretende adicionar a dimensão artística e criativa à área das ciências, tecnologias, engenharia e matemática, ao apoiar as empresas “a repensarem os recursos que precisam para inovar e crescer, de forma a atrair novos talentos, incluindo nos setores criativos e artísticos”.

Para tal, o projeto propõe-se a criar um observatório para analisar as novas competências que vão ter procura na economia local e garantir a capacidade de reagir a essas necessidades, através da resposta do sistema educacional e de qualificação.

“Ao mesmo tempo, o projeto vai aproveitar a fase de teste do 5G para ajudar a cidade na transição para a próxima economia”, refere a informação enviada pela Comissão Europeia, salientando que o projeto, ao “abrir os dados e criar um ecossistema amigo dos negócios”, irá “encorajar os indivíduos e as pequenas empresas a participarem nos desafios cívicos de se usar a cidade como um tubo de ensaio dinâmico”.

A ambição final, frisa, é criar “um maior valor acrescentado por cidadão empregado assim como acelerar a transição digital local”.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
psp

Governo prevê poupar 3 milhões com fardas de militares e polícias

António Costa, primeiro-ministro, e Mário Centeno, ministro das Finanças. Fotografia: Maria João Gala / Global Imagens

Gastos com gabinetes sobem quase 2%

Pequim gostaria de trabalhar com Washington

Portugal e China discutem comércio e investimento em Pequim

Outros conteúdos GMG
Aveiro recebe quase 5 milhões para atrair talentos e acelerar transição digital