Rating

B2, estável: Moody’s também já classifica a TAP

Antonoaldo Neves, presidente executivo da TAP. Fotografia: Adelino Meireles/Global Imagens
Antonoaldo Neves, presidente executivo da TAP. Fotografia: Adelino Meireles/Global Imagens

Depois da S&P, a Moody’s. A TAP tem agora duas agências internacionais de rating a avaliar a companhia aérea portuguesa, que se estreia abaixo do nível de água com perspetiva estável.

“A agência de notação financeira Moody’s atribuiu hoje o rating B2 (outlook stable) à TAP e o rating B2 à emissão de obrigações no valor indicativo de 300 milhões de euros, dirigida a investidores institucionais, divulgada ontem ao mercado”, comunicou a TAP esta noite. A classificação do perfil de crédito da companhia é inferior à que fora ontem atribuída pela S&P – respetivamente, nos níveis cinco e três de lixo, sendo portanto considerado investimento especulativo mas estando ao nível de outras grandes companhias (leia mais aqui).

A transportadora aérea nacional anunciou ontem uma emissão de dívida de 300 milhões com maturidade em 2024, reservada a investidores institucionais (bancos, fundos de pensões, fundos de investimento, fundos de capital de risco ou seguradoras). Antecipar o reembolso de empréstimos no âmbito do passivo existente da TAP e alargar o respetivo prazo médio de maturidade, pagamento de comissões e despesas relacionadas com a oferta das obrigações são os objetivos.

Leia aqui mais sobre a emissão de dívida da TAP

Depois de, ontem, ter comunicado a intenção de contratar mais 800 pessoas em 2020 para fazer face ao crescimento, a TAP anunciou hoje a abertura de três novas rotas para o continente americano, com destino a Maceió, Brasil, Montreal, Canadá, e Boston, EUA, subindo para 11 o total de destinos no Brasil e somando um total de 22 para os quais os aviões portugueses voam no continente americano. “Um momento histórico e um passo importante na expansão da rede da companhia”, considera o CEO, Antonoaldo Neves.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Fotografia: Gerardo Santos/Global Imagens

Saídas para a reforma disparam 43% na função pública

Foto: DR

EDP flexibilizou pagamento de faturas no valor de 60 milhões de euros

Carteiros

CTT vão entregar cartão de cidadão em casa. Piloto arranca em Oeiras

B2, estável: Moody’s também já classifica a TAP