crédito à habitação

Bancos dão mais crédito para comprar casa. Juros em mínimos

Fotografia: Global Imagens
Fotografia: Global Imagens

Os bancos concederam mais de 800 milhões de euros em maio para a compra de casa. A taxa de juro das novas operações foi a mais baixa de sempre.

 

Os bancos concederam 815 milhões de euros em crédito à habitação no mês de maio, uma recuperação face a abril. Desde o início do ano, o valor emprestado é de 3.784 milhões, o ritmo mais alto desde 2010, segundo dados divulgados esta terça-feira pelo Banco de Portugal. Por dia, foram concedidos mais de 25 milhões de euros em 2018 para comprar casa.

As instituições financeiras têm cobrado menos para conceder novo crédito. “Nas novas operações de crédito a particulares para habitação, a taxa de juro média diminuiu 5 pontos base, para 1,41%, correspondendo a um novo mínimo da série”, refere o supervisor liderado por Carlos Costa.

Desde o início do ano, os bancos concederam mais de 700 milhões de euros em novo crédito à habitação que no mesmo período do ano passado. Este abrir da torneira levou o Banco de Portugal a recomendar que as instituições financeiras não excedessem alguns limites na concessão de crédito. Essas regras entraram em vigor no início deste mês de julho.

O supervisor explicou essa decisão. Considera que a recomendação “pretende prevenir que o setor financeiro assuma riscos excessivos nos novos créditos celebrados com as famílias, num contexto em que se começa a observar uma menor restritividade nos critérios de concessão de crédito e se antecipava que esta tendência se pudesse vir a acentuar”.

(Atualizada às 11:25 com mais informação)

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Combustíveis

Encher o depósito para ir de férias fica mais barato: combustíveis descem preços

Combustíveis

Encher o depósito para ir de férias fica mais barato: combustíveis descem preços

Foto: Paulo Spranger

Contadores inteligentes acabam com estimativas na conta da luz

Outros conteúdos GMG
Bancos dão mais crédito para comprar casa. Juros em mínimos