cibersegurança

BCE publica sistema harmonizado para testar resistência a ‘ciberataques’

Cibersegurança

O sistema permite às autoridades trabalhar com instituições financeiras para comprovar e melhorar a resistência a "ataques cibernéticos sofisticados"

O Banco Central Europeu (BCE) publicou esta quarta-feira um sistema harmonizado na Europa para que os bancos e outras instituições financeiras possam comprovar a resistência a possíveis ataques cibernéticos.

Este sistema permite às autoridades europeias e nacionais trabalhar com instituições e infraestruturas financeiras para comprovar e melhorar a resistência a “ataques cibernéticos sofisticados”, segundo o BCE.

O sistema, denominado TIBER-EU (do inglês Threat Intelligence-Based Ethical Red Teaming), simula um ataque cibernético nos sistemas e funções importantes de um banco e ajuda-o a avaliar a sua proteção, deteção e resposta perante possíveis ataques.

O documento foi realizado pelas autoridades europeias e nacionais para bancos com atividades transfronteiriças que estão sujeitas à regulação de várias autoridades.

Além dos bancos, este novo sistema é destinado entre outros a sistemas de pagamentos, depositários centrais de valores, casas de contrapartida central, agências de ‘rating’, mercados de valores, plataformas de liquidação de valores, seguradoras e gestores de ativos.

O sistema foi realizado para ser utilizado pelas autoridades relevantes em cada jurisdição de forma voluntária e como uma ferramenta de supervisão para garantir a estabilidade financeira, refere o BCE.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Presidente do Conselho de Finanças Públicas (CFP), Nazaré da Costa Cabral. MANUEL DE ALMEIDA/LUSA

Linhas de crédito anti-covid ainda podem vir a pesar muito nas contas públicas

Fotografia: Fábio Poço/Global Imagens

Apoio a rendas rejeitado devido a “falha” eletrónica

A ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, Ana Mendes Godinho. RODRIGO ANTUNES/LUSA

Só 789 empresas mantiveram lay-off simplificado em agosto

BCE publica sistema harmonizado para testar resistência a ‘ciberataques’