BdP: Empresas da administração pública estão mais endividadas

Passos, Gaspar e Portas
Passos, Gaspar e Portas

As empresas públicas não incluídas nas administrações públicas conseguiram reduzir a sua dívida em cerca de 96 milhões de euros entre junho e agosto deste ano. Segundo dados revelados pelo Banco de Portugal, no final de agosto, estas empresas apresentavam uma dívida de 18.9 mil milhões de euros.

Pelo contrário, a dívida das empresas públicas incluídas nas administrações públicas aumentou 163 milhões de euros, face a junho de 2012, à semelhança do que tem ocorrido nos últimos meses.

Deste modo, o total da dívida consolidada do setor público não financeiro, incluindo os créditos comerciais, situou-se em 221.5 mil milhões de euros, em agosto de 2012, revela a instituição.

Durante este período a dívida das administrações públicas também aumentou, verificando um acréscimo de 7.7 mil milhões de euros no segundo trimestre.

O Banco de Portugal admite que esta subida foi motivada pelo “acréscimo de dívida da administração central” em 8.4 mil milhões de euros bem como um aumento da dívida das administrações regionais e locais em cerca de 0.1 mil milhões de euros. Mas ressalva, contudo, que a consolidação foi de 0.8 mil milhões de euros.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
coronavirus lay-off trabalho emprego desemprego

Empresas com quebras de 25% vão poder pedir apoio à retoma

Balcão da ADSE na Praça de Londres em Lisboa.

( Jorge Amaral/Global Imagens )

ADSE quer 56 milhões do Orçamento do Estado por gastos com isentos

Fotografia: Miguel Pereira / Global Imagens

Quase 42 mil empresas recorreram a apoios que substituíram lay-off simplificado

BdP: Empresas da administração pública estão mais endividadas