Desemprego

Beneficiários de prestações de desemprego caíram 2,9% em janeiro

Centro de emprego

O valor médio mensal dos subsídios aumentou 1% em janeiro em termos homólogos com a atualização dos limites das prestações neste ano.

O número de beneficiários com prestações de desemprego foi de 186.758 em janeiro, menos 2,9% face ao período homólogo e mais 7,5% em comparação com o mês anterior, segundo as estatísticas da Segurança Social.

O subsídio de desemprego foi atribuído a 156.083 pessoas, menos 0,9% face a janeiro de 2018 e mais 8,3% em relação a dezembro.

Já o subsídio social de desemprego inicial abrangeu 8.389 beneficiários, revelando uma descida homóloga de 9,4% e uma subida de 12,8% comparando com o mês anterior.

No subsídio social de desemprego subsequente, em janeiro foram apoiados 20.986 desempregados, uma redução de 11,9% face ao período homólogo e um aumento de 1,6% face a dezembro.

O valor médio mensal dos subsídios aumentou 1% em janeiro em termos homólogos, mas caiu 2% face a dezembro, para 486,2 euros.

Em janeiro, com o aumento do Indexante de Apoios Sociais (IAS) para 435,76 euros, foram atualizados os limites mínimo e máximo das prestações de desemprego.

A medida extraordinária de apoio aos desempregados de longa duração apoiou menos indivíduos face ao mês anterior e ao mês homólogo, contabilizando 2.246 beneficiários desta medida.

Quanto ao subsídio por doença, cujo valor mínimo também foi atualizado em janeiro por via do IAS, os dados mostram que a prestação foi atribuída a 163.784 pessoas, revelando um acréscimo de 11,9% face ao período homólogo e de 21,7% comparando com dezembro.

As estatísticas mensais da Segurança Social mostram ainda que em janeiro foram processadas 2.039.247 pensões de velhice, mais 1.387 pensões do que no período homólogo (0,1%) e mais 151 face ao mês anterior.

As pensões de velhice são as que têm maior expressão no total de pensões constituindo, em janeiro, 69,7% do total.

As mulheres receberam 52,9% do total de pensões de velhice (1.078.607) e os homens os restantes 47,1% (960.640 pensões).

Foram ainda registadas 709.946 pensões de sobrevivência (24,3% do total de pensões), uma descida homóloga de 5.437 pensões (0,8%), mas mais 789 pensões relativamente ao mês anterior.

As pensões de sobrevivência continuam a ter uma maior abrangência do sexo feminino, com 81,6% do total de pensões.

Por sua vez, as pensões de invalidez representaram 6% do total, sendo o sexo masculino o mais representativo deste tipo de pensão (52,3%).

Em janeiro foram concedidas 176.783 pensões de invalidez, menos 2.853 face ao mesmo mês de 2018 (1,6%) e mais 640 face a dezembro (0,4%).

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Mário Vaz, CEO da Vodafone Portugal  Fotografia: Orlando Almeida / Global Imagens

Mário Vaz. “Havendo frequências, em julho teríamos cidades 5G”

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa (C), durante a cerimónia militar do Instituto Pupilos do Exército (IPE), inserido nas comemorações do 108.º aniversário da instituição, em Lisboa, 23 de maio de 2019.  ANTÓNIO PEDRO SANTOS/LUSA

Marcelo: “Quem não for votar, depois não venha dizer que se arrepende”

Certificados

Famílias investiram uma média de 3,3 milhões por dia em certificados este ano

Outros conteúdos GMG
Beneficiários de prestações de desemprego caíram 2,9% em janeiro