Desemprego

Beneficiários de prestações de desemprego caíram 2,9% em janeiro

Centro de emprego

O valor médio mensal dos subsídios aumentou 1% em janeiro em termos homólogos com a atualização dos limites das prestações neste ano.

O número de beneficiários com prestações de desemprego foi de 186.758 em janeiro, menos 2,9% face ao período homólogo e mais 7,5% em comparação com o mês anterior, segundo as estatísticas da Segurança Social.

O subsídio de desemprego foi atribuído a 156.083 pessoas, menos 0,9% face a janeiro de 2018 e mais 8,3% em relação a dezembro.

Já o subsídio social de desemprego inicial abrangeu 8.389 beneficiários, revelando uma descida homóloga de 9,4% e uma subida de 12,8% comparando com o mês anterior.

No subsídio social de desemprego subsequente, em janeiro foram apoiados 20.986 desempregados, uma redução de 11,9% face ao período homólogo e um aumento de 1,6% face a dezembro.

O valor médio mensal dos subsídios aumentou 1% em janeiro em termos homólogos, mas caiu 2% face a dezembro, para 486,2 euros.

Em janeiro, com o aumento do Indexante de Apoios Sociais (IAS) para 435,76 euros, foram atualizados os limites mínimo e máximo das prestações de desemprego.

A medida extraordinária de apoio aos desempregados de longa duração apoiou menos indivíduos face ao mês anterior e ao mês homólogo, contabilizando 2.246 beneficiários desta medida.

Quanto ao subsídio por doença, cujo valor mínimo também foi atualizado em janeiro por via do IAS, os dados mostram que a prestação foi atribuída a 163.784 pessoas, revelando um acréscimo de 11,9% face ao período homólogo e de 21,7% comparando com dezembro.

As estatísticas mensais da Segurança Social mostram ainda que em janeiro foram processadas 2.039.247 pensões de velhice, mais 1.387 pensões do que no período homólogo (0,1%) e mais 151 face ao mês anterior.

As pensões de velhice são as que têm maior expressão no total de pensões constituindo, em janeiro, 69,7% do total.

As mulheres receberam 52,9% do total de pensões de velhice (1.078.607) e os homens os restantes 47,1% (960.640 pensões).

Foram ainda registadas 709.946 pensões de sobrevivência (24,3% do total de pensões), uma descida homóloga de 5.437 pensões (0,8%), mas mais 789 pensões relativamente ao mês anterior.

As pensões de sobrevivência continuam a ter uma maior abrangência do sexo feminino, com 81,6% do total de pensões.

Por sua vez, as pensões de invalidez representaram 6% do total, sendo o sexo masculino o mais representativo deste tipo de pensão (52,3%).

Em janeiro foram concedidas 176.783 pensões de invalidez, menos 2.853 face ao mesmo mês de 2018 (1,6%) e mais 640 face a dezembro (0,4%).

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje

Página inicial

Foto: DR

IMI baixa para mais de 24 mil famílias que pediram reavaliação

António Costa Silva, presidente do frupo Partex. 
(Nuno Pinto Fernandes / Global Imagens)

Huawei: “Portugal não tem a receber lições de moral”, diz presidente da Partex

Outros conteúdos GMG
Conteúdo TUI
Beneficiários de prestações de desemprego caíram 2,9% em janeiro