Bloco contraria PS. Quer aumentos na função pública em 2019

Catarina Martins defendeuaumentos salariais na função pública em 2019, contrariando a posição do porta-voz do PS João Galamba

O líder do Bloco de Esquerda (BE), Catarina Martins, defendeu hoje aumentos salariais na função pública em 2019, contrariando a posição do porta-voz do PS João Galamba, afirmando que não se trata da "opinião de um partido".

"Não é matéria de opinião, é uma matéria de facto. Há estagnação salarial em Portugal e temos responsabilidades de tomar medidas para a valorização dos salários, para que o crescimento económico esteja ao serviço de quem deve estar, de quem trabalha", afirmou aos jornalistas, a meio de uma vista à feira da Galinheiras, em Lisboa.

Em entrevista à TSF, no sábado, o deputado e porta-voz socialista João Galamba admitiu que "dificilmente haverá aumentos para a função pública em 2019", tese contrariada pela líder bloquista.

Todos os estudos provam, afirmou, que os salários em Portugal "estão tendencialmente estagnados", os mais afetados foram os mais baixos e alertou para os efeitos positivos no aumento do salário mínimo nacional.

"Se não tivesse existido o acordo, em que o BE se empenhou, para a subida de 5% ao ano do salário mínimo, poderíamos estar a assistir a uma quebra salarial em Portugal", explicou.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de