vistos gold

Bloco de Esquerda. Em 5700 vistos gold só nove foram para criar emprego

Imobiliário

Bloco de Esquerda afirma que vistos gold favorecem a criminalidade e que são fonte de corrupção, tráfico de influências e branqueamento de capitais.

O Bloco de Esquerda vai apresentar um projeto de lei que dá entrada na Assembleia da República, esta quinta-feira,14, e que propõe a eliminação dos vistos gold. No documento, a que o Diário de Notícias teve acesso, os bloquistas afirmam que os vistos gold são fonte de corrupção, tráfico de influências, peculato, branqueamento de capitais, ilícitos fiscais e criminais e de discriminação entre quem tem dinheiro e quem não tem.

Apenas nove pedidos em 5700 vistos gold tiveram como destino a criação de emprego, de acordo com dados avançados pelo deputado José Manuel Pureza. Em 5717 pedidos, no total, 5553 foram para investimento imobiliário, segundo dados de fevereiro/março deste ano.

“Em maio deste ano foram atribuídos 120 vistos, sendo 114 por via da aquisição de imóveis”, refere o projeto de lei que conta com apenas três artigos.

 

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Dívida pública está nos 130,3%

Endividamento da economia atinge novo recorde em abril

O ministro do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, José Vieira da Silva, fala perante a Comissão de Trabalho e Segurança Social, na Assembleia da República, em Lisboa, 26 de junho de 2019. TIAGO PETINGA/LUSA

Mais 93 mil novas pensões atribuídas até julho

Luís Lima, APEMIP

Imobiliárias temem fuga de clientes com nova lei de combate ao branqueamento

Outros conteúdos GMG
Bloco de Esquerda. Em 5700 vistos gold só nove foram para criar emprego