Bomba explodiu no centro de Atenas esta madrugada

Autoridades da Grécia receiam que ataque seja um sinal de ressurgimento dos movimentos anarquistas, depois dos apelos recentes para o regresso da violência

Uma bomba explodiu no centro de Atenas, na Grécia, durante a madrugada desta segunda para terça-feira. O engenho rebentou perto da sede da Federação Empresarial Helénica, próxima da praça Syntagma, por volta das 3h30 locais (1h30 em Portugal), sem causar vítimas.

A explosão danificou vários veículos e edifícios, tendo os jornais gregos sido informados por telefonemas anónimos da existência do explosivo cerca de meia hora antes do rebentamento.

"O governo condena o ataque à bomba à sede da Federação Empresarial Helénica", reagiu Olga Gerovasiliou, porta-voz do governo grego, realçando que a postura do executivo será a de "condenar energicamente este tipo de acções".

Já o maior partido da oposição, a Nova Democracia, reagiu dizendo que "este tipo de acções danificam a imagem do país e os verdadeiros interesses dos gregos. Apelamos ao governo que intensifique os esforços para encontrar e castigar os culpados".

As autoridades gregas receiam que este ataque represente uma tentativa de ressurgimento dos movimentos anarquistas da Grécia, depois de alguns dos mais influentes membros destas organizações terem apelado em conjunto ao regresso dos protestos violentos.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de