banca

BPI vende carteira de crédito malparado a norte-americanos

Foto:  MIGUEL A. LOPES/ LUSA
Foto: MIGUEL A. LOPES/ LUSA

O BPI concluiu a venda de uma carteira de crédito malparado no valor de 200 milhões de euros.

Foi no verão que o banco liderado por Pablo Forero anunciou ter dado início a um processo de venda de uma carteira de crédito malparado avaliada em 200 milhões de euros. Esta quarta-feira, o BPI anunciou que a venda está concluída.

Quem comprou a carteira, composta por créditos não produtivos e ativos imobiliários, foram “fundos e sociedades geridos pela entidade norte-americana Tilden Park Capital Management LP”.

Na nota enviada à imprensa, o BPI destaca que o processo de venda foi “competitivo”. Em julho, Forero afirmou que o banco já tinha recebido “sete ou oito ofertas”.

A carteira é composta por 1800 contratos de créditos e 120 imóveis, cujo valor bruto total era de 200 milhões de euros. O banco não revelou o valor da venda.

Na mesma nota, o BPI sublinha que, com a conclusão da operação, “alcançará no final do ano, um nível de ativos não produtivos (non performing assets) inferior a 3,5%, o mais baixo do setor financeiro português”.

No final do primeiro semestre, o rácio de crédito malparado do BPI era de 3,3%. No final de 2018 chegava aos 3,5%, estando próximo dos mil milhões de euros. Com esta venda, o valor correspondente ao crédito malparado do BPI fica abaixo dos 800 milhões de euros.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Biedronka assegura 68% das vendas; Pingo Doce 24%

Jerónimo Martins vai impugnar coima de 24 milhões na Polónia

Parque Eólico

EDP Renováveis vende sete parques eólicos à Finerge em Espanha

Luís Máximo dos Santos é presidente do Fundo de Resolução.

Fundo de Resolução diz que comprador da GNB tinha a proposta “mais atrativa”

BPI vende carteira de crédito malparado a norte-americanos