BPI

BPI vende posições na ‘dona’ da Superbock ao grupo Violas por 233 milhões

Nomura corta preços-alvo do BPI e BCP

O Banco BPI e o Fundo de Pensões do Banco BPI alienaram hoje as suas participações na Viacer -- Sociedade Gestora de Participações Sociais, Lda.

O Banco BPI e o Fundo de Pensões do Banco BPI alienaram hoje as suas participações na Viacer — Sociedade Gestora de Participações Sociais (SGPS), Lda, que detém 56% da Super Bock Group, à Violas SGPS.

Em comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários, o BPI adiantou que o grupo português encabeçado pela Violas SGPS reforça a sua posição na Viacer, que passa de 46,5% para 71,5%.

Desta forma, o grupo Violas passa a deter indiretamente a maioria do capital social da maior empresa de cervejas portuguesa, detalhou-se no texto.

O valor global da operação foi de 233 milhões de euros.

Este montante divide-se entre os 130.480.000 euros, relativos aos 14% do Banco BPI na Viacer, e os 102.520.000 euros, correspondentes aos 11% do Fundo de Pensões do Banco BPI.

No comunicado especificou-se ainda que o negócio está sujeito à obtenção de uma decisão de não oposição por parte da autoridade da concorrência competente.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Dos blueprints  dos primeiros automóveis, ao topo dos carros elétricos atuais, de elon Musk, em homenagem, a Nikolas Tesla.
Ilustração: VITOR HIGGS

Automóvel. Em 20 anos do euro mudou tudo, menos a carga fiscal e o líder

A EDP, liderada por António Mexia, vai pagar o maior cheque de dividendos da bolsa nacional.

PSI20. Menos lucros mas o mesmo prémio aos acionistas

João Vieira Lopes, presidente da Confederação do Comércio e Serviços.
(Jorge Amaral/Global Imagens)

Vieira Lopes: “Metas do governo são realistas mas é preciso investimento”

Outros conteúdos GMG
Conteúdo TUI
BPI vende posições na ‘dona’ da Superbock ao grupo Violas por 233 milhões