Brexit

Ifo.Reino Unido será o mais afetado pelo Brexit

Fotografia: Toby Melville/Reuters
Fotografia: Toby Melville/Reuters

A economia do Reino Unido será a mais atingida pelo 'Brexit', mas outros países da UE, especialmente a Irlanda, também vão sofrer o impacto

O Reino Unido vai ser o país mais atingido em termos económicos pelo ‘Brexit’, apesar de se esperar que outros países da União Europeia (UE), especialmente a Irlanda, também sofram impactos negativos, revela um estudo hoje divulgado.

De acordo com o referido estudo, do instituto alemão Ifo, feito com base em inquéritos realizados durante o mês de julho a 762 analistas de 112 países, a decisão do Reino Unido de abandonar a UE muito dificilmente terá qualquer impacto económico nos Estados Unidos, no Médio Oriente ou em países da Comunidade de Estados Independentes (CEI).

O estudo do Ifo refere ainda que os maiores efeitos negativos de curto prazo se farão sentir na Europa dos 15 – 15 países da UE até 01 de maio de 2004, designadamente Alemanha, Áustria, Bélgica, Dinamarca, Espanha, Finlândia, França, Grécia, Holanda, Irlanda, Itália, Luxemburgo, Portugal, Reino Unido e Suécia.

No médio prazo, de três a cinco anos, o ‘Brexit’ deverá atingir negativamente as economias da UE, diz o estudo.

O estudo do instituto alemão adianta que os efeitos negativos da decisão britânica nos países da Commonwealth devem ser fracos tanto a curto como a médio prazo.

Os britânicos aprovaram num referendo em 23 de junho a saída do Reino Unido da UE (‘Brexit’).

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
O primeiro-ministro, António Costa (E) e o Ministro das Finanças, Mário Centeno (D) no debate na generalidade do OE2020 (Foto: PATRICIA DE MELO MOREIRA / AFP).

Finanças confirmam encaixe de 30 milhões com aumentos da função pública

Lisboa, 01/10/2013 - Decorreu esta tarde na Fundação Champallimaud a Assembleia Geral da Zon Optimus 
Isabel dos Santos, accionista da Zon Optimus e Mário Silva, Zopt
(Diana Quintela/Global Imagens)

Administradores da NOS envolvidos no Luanda Leaks renunciam

Tchizé dos Santos,filha do ex-presidente da República angolano. (JOÃO RELVAS/LUSA)

Irmã de Isabel dos Santos desafia empresária a devolver 75 milhões a Angola

Ifo.Reino Unido será o mais afetado pelo Brexit