Brexit

Brexit: May quer adiar saída por três meses. UE não sabe quando vai decidir

Theresa May, primeira-ministra do Reino Unido. (REUTERS/Henry Nicholls)
Theresa May, primeira-ministra do Reino Unido. (REUTERS/Henry Nicholls)

Primeira-ministra britânica envia pedido formal de adiamento esta quarta-feira. Prolongamento alargado da negociação poderia criar tensão 'nos 27'.

O Reino Unido vai pedir para adiar por até três meses a sua saída da União Europeia. O prolongamento do Artigo 50 será solicitado formalmente esta quarta-feira pela primeira-ministra, Theresa May, em carta que será enviada a Donald Tusk, presidente do Conselho Europeu, de acordo com o Financial Times. Ao mesmo tempo, Jean-Claude Juncker, presidente da Comissão Europeia, tem dúvidas de que uma decisão sobre o Brexit possa ser tomada ainda esta semana.

O adiamento do Brexit até ao final de junho – estava inicialmente previsto para o dia 29 de março – apenas será possível se os líderes dos 27 países da União Europeia assim o entenderem. Theresa May tinha sido mandatada na semana passada pelo Parlamento Britânico para adiar a saída do país da UE.

Chegou a falar-se de um pedido para prolongar o período negocial com a UE por tempo indefinido mas tal não irá acontecer. “A UE está contra um prolongamento do Artigo 50 porque não acredita que a primeira-ministra alguma vez vai dizer: é difícil obter um acordo, vamos, então, olhar para outras opções – como uma união aduaneira”, referiu fonte ligada ao processo citada pela BBC na noite de terça-feira.

Dentro do Reino Unido, no entanto, teme-se que um prolongamento tão curto do Artigo 50 possa resultar numa saída do país da União Europeia sem acordo, o que geraria uma situação de instabilidade no país.

A confirmar-se esta missiva, o país não deverá participar nas próximas eleições europeias, que irão decorrer entre 9 e 12 de maio.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
IMG_0868-min

Agricultura bate recordes no Alentejo. “Mais houvesse, mais se vendia”

Isaltino Morais, presidente da Câmara de Oeiras
Fotografia: Gerardo Santos/Global Imagens

Isaltino Morais “Nos próximos anos, Oeiras vai precisar de 12 500 engenheiros”

Aeroporto do Montijo 2

Portela+? Aquilo que separa os partidos, o Montijo não consegue unir

Outros conteúdos GMG
Brexit: May quer adiar saída por três meses. UE não sabe quando vai decidir