Buraco de três mil milhões nos impostos

Vítor Gaspar, ministro das Finanças
Vítor Gaspar, ministro das Finanças

Menos três mil milhões em receita fiscal. É este o número revisto que o Governo irá apresentar no final do mês à troika, avança hoje o Diário Económico, uma revisão em baixa de 8,5% nas receitas previstas para este ano. Em alternativa aos 35.135 milhões de euros de receita fiscal apontados no Orçamento Retificativo – apresentado no final de Março -, Vítor Gaspar tem agora nos mapas uma previsão de 32,13 milhões.

A puxar este número para baixo está sobretudo o IVA, pressionado pela quebra do consumo, mas também o IRS, fruto do aumento do desemprego.

A Unidade Técnica de apoio Orçamental (UTAO), já tinha referido que a recuperação da receita de IVA na segunda metade do ano poderia vir a ser insuficiente para atingir os objetivos fixados por Gaspar no Orçamento Retificativo.

Os números ainda não estão fechados, mas o Governo poderá ser confrontado com um desvio de 8,5% face ao que estava programado.

Números pouco positivos que deverão ser apresentados à troika e que, segundo o mesmo jornal, poderão, em parte, ser compensados com um novo corte nas despesas com pessoal. Ainda que também não venham a ser suficientes.

A verificar-se, o desvio poderá representar 1,8 pontos percentuais no défice deste ano.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Lisboa, 16/07/2019 - Decorreu hoje parte de uma reportagem sobre, empregos criados pelas empresas de partilha de veículos em Portugal..
Acompanhamos a recolha, carregamento e reparação das trotinetes partilhadas da Circ.

(Orlando Almeida / Global Imagens)

Partilha de veículos dá emprego a mais de 500 pessoas

Lisboa, 16/07/2019 - Decorreu hoje parte de uma reportagem sobre, empregos criados pelas empresas de partilha de veículos em Portugal..
Acompanhamos a recolha, carregamento e reparação das trotinetes partilhadas da Circ.

(Orlando Almeida / Global Imagens)

Partilha de veículos dá emprego a mais de 500 pessoas

António Mexia, CEO da EDP. Fotografia: REUTERS/Pedro Nunes

Saída de clientes da EDP já supera as entradas

Outros conteúdos GMG
Buraco de três mil milhões nos impostos