Câmara de comércio Portugal-Hong Kong destaca oportunidades para empresas

Bernardo Mendia defendeu uma maior integração económica das regiões de Guangdong, Hong Kong e Macau.

O presidente da Câmara de Comércio e Indústria Portugal-Hong Kong (PHKCCI, em inglês) declarou em entrevista à Xinhua (agência de notícias oficial do governo chinês), que "uma maior integração da Grande Área da Baía de Guangdong-Hong Kong-Macau traz oportunidades e vantagens para as empresas estrangeiras em Hong Kong", avança o jornal online Plataforma.

Bernardo Mendia considera que “para as empresas estrangeiras, entrar em Hong Kong significará cada vez mais entrar simultaneamente em mais nove mega metrópoles chinesas e na Região Administrativa Especial de Macau”, e “quanto maior a integração da região, maiores as vantagens para os empresários”.

As declarações à Xinhua surgem no âmbito da videoconferência organizada pela PHKCCI em 18 de junho, subordinada ao tema “Hong Kong e Portugal: Acesso aos Mercados Terceiros – à Grande Área da Baía e aos Países de Língua Portuguesa”. O evento destinou-se a identificar oportunidades para empresas que pretendem operar em Hong Kong e Portugal.

De acordo com a Plataforma, o presidente da Câmara de Comércio e Indústria Portugal-Hong Kong sublinhou que tanto Portugal como Hong Kong são portas de entrada para grandes mercados com regimes fiscais, legais e financeiros "muito amigáveis para o investimento estrangeiro".

Bernardo Mendia considera que as empresas de Portugal e Hong Kong devem promover parcerias com ganhos para ambas, e desenvolver a confiança mútua para uma "cooperação duradoura".

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de