Lisboa

Câmara de Lisboa lança concursos para a aquisição de 100 novos autocarros

Fotografia: TIAGO PETINGA/LUSA
Fotografia: TIAGO PETINGA/LUSA

O anúncio foi feito esta terça-feira pelo presidente da Câmara Municipal de Lisboa, Fernando Medina.

A Carris vai lançar dois concursos para a aquisição de 100 novos autocarros, 70 dos quais a gás natural e 30 elétricos, anunciou hoje o presidente da Câmara Municipal de Lisboa, Fernando Medina.

Falando na apresentação da informação escrita do presidente, na Assembleia Municipal de Lisboa, Fernando Medina (PS) avançou que a Carris vai lançar “ainda durante o mês de julho um novo concurso” para a aquisição de “70 novos autocarros que se somarão à aquisição dos 200 em fase de entrega”.

O chefe do executivo municipal adiantou que, em setembro, será lançado outro concurso para adquirir “30 novos autocarros elétricos”, acrescentando que, em 2021, a Carris contará com “45 elétricos numa frota de 720” veículos e “metade da frota da Carris com menos de três anos de idade”.

O presidente da autarquia, que debruçou a sua intervenção maioritariamente na mobilidade da capital, destacou que foram vendidos mais de 750 mil passes sociais únicos em maio, face aos 570 mil vendidos no mesmo período do ano passado, o que representa um aumento de 180 mil passes.

Relativamente ao pedido de cartões, Fernando Medina notou que foram pedidos 60 mil em maio, mais 35 mil relativamente aos 25 mil registados no mesmo mês de 2018.

O presidente da autarquia lisboeta informou que foram vendidos 675 mil passes únicos na área metropolitana entre 26 de março e 25 de abril, mais 160 mil face ao mesmo período do ano passado.

Na sessão, alguns deputados municipais da oposição defenderam que a medida de redução do preço dos passes não tem sido acompanhada de um reforço da oferta, elencando um conjunto de problemas relacionados com os transportes públicos.

Os novos Navegantes, que entraram em vigor em 01 de abril, passaram a ter as tipologias municipal, para todos os transportes em cada um dos 18 municípios (por 30 euros), metropolitano, em todos os concelhos da Área Metropolitana de Lisboa (40 euros), o Navegante 12, gratuito para a crianças até aos 12 anos, o Navegante +65, destinado a maiores de 65 anos, reformados e pensionistas (20 euros).

A partir de julho serão criados os Navegante municipal e metropolitano “família”, destinado a agregados familiares (60 e 80 euros).

A Área Metropolitana de Lisboa é formada pelos concelhos de Alcochete, Almada, Amadora, Barreiro, Cascais, Lisboa, Loures, Mafra, Moita, Montijo, Odivelas, Oeiras, Palmela, Seixal, Sesimbra, Setúbal, Sintra e Vila Franca de Xira.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Foto: REUTERS/Rafael Marchante

Portugal entre os países europeus que ficaram mais desiguais

Foto: REUTERS/Rafael Marchante

Portugal entre os países europeus que ficaram mais desiguais

Angel Gurria, secretário-geral da OCDE. Fotografia: EPA/Mario Guzmán

OCDE mais pessimista. Sinais vermelhos para a economia

Outros conteúdos GMG
Câmara de Lisboa lança concursos para a aquisição de 100 novos autocarros