Candidaturas a apoio a rendas comerciais a partir de 4 de fevereiro

Governo prevê iniciar pagamentos na segunda quinzena de fevereiro

As candidaturas a apoios a rendas comerciais anunciados em dezembro pelo governo estarão abertas a partir de 4 de fevereiro, com o governo a prever o início de pagamentos na segunda quinzena de fevereiro.

O calendário foi avançado nesta quinta-feira pelo ministro de Estado, da Economia e da Transição Digital, Pedro Siza Vieira, numa sessão de apresentação dos apoios que estarão disponíveis com a renovação do estado de emergência com grande parte do comércio encerrado a partir desta sexta-feira.

"Vamos abrir no dia 4 de fevereiro o regime de apoio a fundo perdido ao pagamento de rendas, que se mantém com a configuração que já tinha, mas relativamente ao qual queremos acelerar também os pagamentos", indicou o ministro.

O apoio é válido para seis rendas mensais e é disponibilizado a empresários em nome individual, PME e grandes empresas com volume de negócios inferior a 50 milhões de euros.

Para as empresas com quebras de faturação entre 25% e 40%, o apoio suporta 30% da renda até 1200 euros mensais. Já nas perdas acima de 40% o Apoiar Rendas cobre metade do valor da renda, até dois mil euros mensais.

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de