Agricultura

CAP apresenta plataforma eletrónica para consulta de preços dos hortofrutícolas

frutas legumes compras supermercado

A Confederação dos Agricultores de Portugal apresentou uma plataforma eletrónica que permite consultar os preços de frutas e hortícolas.

A Confederação dos Agricultores de Portugal (CAP) apresentou hoje, na Feira Nacional da Agricultura, em Santarém, uma plataforma eletrónica que permite consultar os preços de mais de uma centena de frutas e hortícolas provenientes de 11 mercados europeus.

Luís Mira, secretário-geral da CAP, disse à Lusa que a plataforma – acessível em agrimarkets.cap.pt – é “importante para quem vai fazer um negócio de venda ter uma referência do preço que está ser praticado” e também para analisar as tendências ao tomar uma decisão para um futuro investimento.

Sublinhando que a plataforma é “de fácil acesso” e “muito intuitiva”, e para já gratuita, Luís Mira afirmou que ela vem preencher uma lacuna, sendo “muito importante” para os que estão no mercado hortofrutícola.

“Na sua consulta é possível fazer gráficos, automaticamente, sobre a evolução do preço, as variações, e a comparação entre os vários mercados europeus que estão na plataforma” — espanhol, francês, alemão e, dentro de cada país, várias regiões –, permitindo “perceber quais são as variações que se estão a verificar”, afirmou.

A apresentação da plataforma antecedeu a realização de um jantar de homenagem ao anterior presidente da CAP, João Machado.

A 54.ª Feira Nacional da Agricultura/64.ª Feira do Ribatejo tem agendados cerca de 30 seminários e colóquios técnicos, denominados “Conversas de Agricultura”, iniciativa que na edição de 2016 envolveu mais de 6.000 pessoas.

Esperando mais de 200 mil visitantes e 40 mil profissionais ao longo dos nove dias do certame, a Feira de Santarém, organizada pelo Centro Nacional de Exposições e Mercados Agrícolas (CNEMA), tem este ano por tema os cereais.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Franceses da Altice concluíram aquisição da PT Portugal à Oi em junho por 5,7 mil milhões de euros

Porto. Trabalhadores da PT avançam com concentração esta quinta-feira

Estado leva endividamento da economia para novo máximo

Portugueses têm menos dinheiro

Proibidos pagamentos em dinheiro acima de 3.000 euros

Outros conteúdos GMG
Conteúdo Patrocinado
CAP apresenta plataforma eletrónica para consulta de preços dos hortofrutícolas