Criptomoedas

Carlos Costa renova alertas relativos às criptomoedas

Carlos Costa, governador do Banco de Portugal. Fotografia: José Sena Goulão/Lusa
Carlos Costa, governador do Banco de Portugal. Fotografia: José Sena Goulão/Lusa

O governador do Banco de Portugal (BdP), Carlos Costa, reiterou hoje os alertas relativos aos riscos da volatilidade das criptomoedas, avisando que a tentação de ganhar dinheiro está a sobrepor-se à “racionalidade” e à “prudência”.

Carlos Costa falava esta manhã numa cerimónia de assinatura de protocolos com os novos parceiros do Plano Nacional de Formação Financeira, entre os quais a Ordem dos Psicólogos Portugueses, que antecedeu a reunião da Assembleia Geral Anual do Conselho Nacional de Supervisores Financeiros (CNSF).

“É um paradigma, não só em Portugal, mas noutros países. A tentação de ganhar dinheiro sobrepõe-se à racionalidade e à prudência”, disse Carlos Costa, mostrando uma vez mais preocupação relativamente à falta de controle e às proporções que o fenómeno poderá atingir.

O BdP e a Comissão do Mercado de Valores Mobiliários têm feito diversos alertas para os riscos relacionados com ‘bitcoin’ ou outras moedas virtuais, recomendando às instituições de crédito, às instituições de pagamento e às instituições de moeda eletrónica sujeitas à sua supervisão que se abstenham de comprar, deter ou vender moedas virtuais.

Neste contexto, Carlos Costa considera que o Plano Nacional de Formação Financeira assume uma importância cada vez mais na sociedade portuguesa e disse esperar que juntamente com os novos parceiros se consiga um “afinamento” do plano que aposta na formação e literacia financeira.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Foto: DR

IMI baixa para mais de 24 mil famílias que pediram reavaliação

NOS

Avaria na rede da NOS está a afetar milhares de clientes

Bandeira de Angola

Ex-presidente do Fundo Soberano de Angola libertado

Outros conteúdos GMG
Conteúdo TUI
Carlos Costa renova alertas relativos às criptomoedas