transportes

Carris vai contratar 216 trabalhadores este ano

Fotografia: TIAGO PETINGA/LUSA
Fotografia: TIAGO PETINGA/LUSA

Garantia foi dada pelo presidente da empresa, Tiago Farias, em entrevista ao Eco.

A Carris prevê reforçar o quadro de pessoal em 2019 com 216 contratações. Isto depois de ter contratado 209 colaboradores em 2018.

Em entrevista ao jornal online Eco, o presidente da empresa de transportes de Lisboa sublinha que a Carris criou “um fortíssimo centro de formação e recrutamento, de tal forma que qualquer pessoa que tenha apenas a carta de ligeiros pode concorrer” para motorista.

Entre 2010 e 2016 a empresa perdeu 600 trabalhadores. Segundo Tiago Farias, neste período a empresa chegou a ter menos de 2000 funcionários, estando agora a caminho de atingir os 2400.

Na entrevista, Tiago Farias fala também dos novos autocarros da Carris, que começaram a circular na capital ainda no ano passado. Neste momento já há mais de 100 veículos novos nas ruas.

O presidente da Carris revela que para já estão contratados 125 autocarros standard a gás natural, “que estão a ser entregues de forma progressiva”. Há ainda 40 articulados, também a gás natural, que “servem linhas longas, de muita procura”.

“Quase a chegar”, sublinha, estão 15 autocarros elétricos e 37 autocarros médios. “Ao todo, são cerca de 217 veículos que vão chegando, em timings diferentes, mas que já estão em fase de entrega, ou quase”, conclui Tiago Farias.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
A ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, Ana Mendes Godinho. ANTÓNIO PEDRO SANTOS/LUSA

1400 empresas já pediram para aderir ao novo lay-off, apoios só a 28 de abril

Antonoaldo Neves, presidente executivo da TAP. Fotografia: Adelino Meireles/Global Imagens

TAP também vai avançar com pedido de layoff

Veículos da GNR durante uma operação stop de sensibilização para o cumprimento do dever geral de isolamento, na Autoestrada A1 nas portagens dos Carvalhos/Grijó no sentido Sul/Norte, Vila Nova de Gaia, 29 de março de 2020. MANUEL FERNANDO ARAÚJO/LUSA

Mais de 80 detidos e 1565 estabelecimentos fechados

Carris vai contratar 216 trabalhadores este ano