Programa de Estabilidade

Centeno confiante na aprovação de Bruxelas ao Programa de Estabilidade

O Programa de Estabilidade e o Plano Nacional de Reformas foram hoje aprovados em Conselho de Ministros.

Foi aprovado hoje em Conselho de Ministros o Plano Nacional de Reformas e o Programa de Estabilidade. Os documentos que contêm a estratégia, as metas e o planeamento do Executivo para os próximos anos vão agora ser entregues e discutidos no Parlamento e terão ainda de passar pelo crivo das autoridades europeias.

Mas o ministro das Finanças mostrou-se esta quarta-feira confiante de que o programa de estabilidade será aceite por Bruxelas. Na conferência de imprensa após a realização do Conselho de Ministros, Mário Centeno, referiu que o “plano cumpre todas as regras e tendo em conta o rigor com que foi feito” não deverá enfrentar entraves por parte das autoridades europeias.

Em termos de metas para as contas públicas para os próximos anos, o responsável pela pasta das Finanças avançou que o Programa de Estabilidade prevê défice se situe nos 1,5% em 2017 e 0,4% em 2020.

Já no que diz respeito ao crescimento da economia, e tal como já tinha sido avançado ontem, Centeno espera que o PIB cresça 1,8% este ano – um valor acima do previsto no Orçamento do Estado para 2017. O ministro das Finanças referiu ainda que as previsões “incorporam o excelente momento que a economia tem vindo a registar”.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa (D), agraciou o empresário, Alexandre Soares dos Santos (E), com a Ordem de Grã-Cruz de Mérito Empresarial, no Palácio de Belém, em Lisboa, 20 de abril de 2017. 

Fotografia: PAULO NOVAIS/LUSA

Morreu Alexandre Soares dos Santos, o senhor Jerónimo Martins (1934 – 2019)

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa (D), agraciou o empresário, Alexandre Soares dos Santos (E), com a Ordem de Grã-Cruz de Mérito Empresarial, no Palácio de Belém, em Lisboa, 20 de abril de 2017. 

Fotografia: PAULO NOVAIS/LUSA

Marcelo condecora Soares dos Santos: empresário de “responsabilidade social”

ng3091740

O dono do Pingo Doce sobre o Estado, a crise e a Europa

Outros conteúdos GMG
Centeno confiante na aprovação de Bruxelas ao Programa de Estabilidade