Contas Públicas

Centeno: Revisão em baixa do défice para 2% mostra rigor do Governo

Mário Centeno, ministro das Finanças. Fotografia: Rafael Marchante / Reuters
Mário Centeno, ministro das Finanças. Fotografia: Rafael Marchante / Reuters

Mário Centeno sublinhou que a revisão em baixa do défice mostra o "enorme rigor" do Governo e os resultados obtidos na execução orçamental.

O ministro das Finanças, Mário Centeno, sublinhou que a revisão em baixa do défice para 2% em 2016, hoje divulgada pelo Instituto Nacional de Estatística, mostra o “enorme rigor” do Governo e os resultados obtidos na execução orçamental.

“O INE reviu em baixa para 2% o défice para 2016, isto só vem reforçar o que o Governo tem dito sobre o enorme o rigor e resultados que temos obtido na execução orçamental”, disse o ministro das Finanças, Mário Centeno, à saída da comissão parlamentar de Orçamento e Finanças, onde foi hoje ouvido sobre o Novo Banco.

O défice orçamental fixou-se nos 2% do PIB em 2016, abaixo do valor inicial estimado de 2,1% e confirmou o saldo do ano passado como o menos negativo desde 1974.

O número agora avançado pelo INE está em linha com a última previsão do Governo – o ministro das Finanças, Mário Centeno, garantiu no Parlamento que o défice não seria superior a 2,1% do PIB [Produto Interno Bruto].

O instituto estatístico explica a revisão em baixa do défice de 2016 com a deteção de “um erro na apropriação da informação relativa à Administração Local com impacto significativo na necessidade de financiamento das AP”.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Boris Johnson, primeiro-ministro do Reino Unido REUTERS/Henry Nicholls - RC12D8BECE70

Boris Johnson ganha eleições britânicas com maioria absoluta

Trump Xi China

Trump assina acordo inicial com China para evitar tarifas

António Mexia, CEO da EDP. Fotografia: REUTERS/Pedro Nunes

EDP processa o Estado. Elétrica exige 717 milhões de euros

Outros conteúdos GMG
Centeno: Revisão em baixa do défice para 2% mostra rigor do Governo