Empresas

CEO da Disney ganha 1400 vezes mais do que empregados

Walt Disney Company Chairman and Chief Executive Officer Robert Iger (REUTERS/Gary Cameron/File Photo - TM3EC890PWQ01)
Walt Disney Company Chairman and Chief Executive Officer Robert Iger (REUTERS/Gary Cameron/File Photo - TM3EC890PWQ01)

Neta de um dos fundadores da Disney afirmou que salário de Bob Iger é "uma loucura", durante uma conferência sobre capitalismo humano.

Apesar de não ter qualquer responsabilidade na empresa, Abigail Disney fez-se ouvir quando afirmou ser uma “loucura” o salário de Bob Iger, escreve o El País. O CEO da Disney tem um salário de 65,6 milhões de dólares, depois de ter sido aumentado em 80% em 2018.

Um estudo recente da Equilar, o salário de Bob Iger é 1424 vezes superior à remuneração média de um empregado da Disney. Abigail Disney, que participava numa conferência sobre capitalismo humano, afirmou que os elevados salários dos executivos “têm um efeito corrosivo na sociedade”.

Quanto ganham CEO e trabalhadores em Portugal... e no mundo-01

Abigail Disney argumentou que a sua opinião se baseava em parte em conversas que tinha tido com empregados da Disneyland, o parque original em Anaheim (Califórnia). Apesar de considerar que o CEO da Disney é um “bom homem”, Abigail Disney defendeu que “quando recebeu o bónus no ano passado, podia ter subido o salário em 15% a todos os empregados da Disneyland e ainda ficar com 10 milhões de dólares”.

Os comentários da herdeira da Disney fizeram ecoar reações nas redes sociais. Na sua conta de Twitter, Abigail Disney afirmou que aquela era a sua opinião e que não falava em nome da família.

À CNBC, um porta-voz da Walt Disney Company disse que “A compensação de Bob Iger baseia-se nos resultados e o mesmo conseguiu um valor excecional para os nossos acionistas: a capitalização de mercado da Disney cresceu exponencialmente durante a última década, aumentando 75 mil milhões de dólares só no último mês e o preço das ações subiram de 24 para 132 dólares desde que Bob Iger se tornou CEO em 2005”.

O porta-voz adiantou ainda que a companhia tem investido significativamente nos salários e na mobilidade dos seus funcionários, incluindo a implementação de um salário base mínimo de 15 dólares por hora na Disneyland e dirigindo 150 milhões para um programa desenhado para oferecer aos trabalhadores à hora a oportunidade de frequentar a universidade ou outra instituição gratuitamente.

Abigail Disney, de 59 anos, é filha de Roy E. Disney, o último a ter um papel de gestão na companhia, e neta de Roy O. Disney, que fundou o estúdio de animação em 1923 com seu irmão Walt.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Lisboa. MÁRIO CRUZ/LUSA

Défice externo até julho agrava-se para 1633 milhões de euros

Lisboa. MÁRIO CRUZ/LUSA

Défice externo até julho agrava-se para 1633 milhões de euros

EDP. (REUTERS/Eloy Alonso)

Concorrência condena EDP Produção a multa de 48 milhões

Outros conteúdos GMG
CEO da Disney ganha 1400 vezes mais do que empregados