Comércio online

Cetelem: Tempo de espera e devoluções são os problemas do comércio online

online-sales-2108028_1920

68% dos portugueses não faz compras online. A falta de informação e os constrangimentos na entrega das encomendas são vistos como aspetos negativo.

O comércio online está a crescer em Portugal, mas para os portugueses que já aderiram a esta prática o maior problema é o tempo que esperam até receber o produto, e a dificuldade em fazer devoluções. Quem o diz é o estudo do Observador Cetelem eCommerce, que confirma a opinião dos 38% dos portugueses que fizeram compras através da internet durante o ano passado. O consumidor português de lojas online tem entre 25 e 44 anos, integra a classe média alta e tende a ser masculino, revela o estudo.

O estudo do Cetelem revela que 26% dos consumidores nacionais prefere ver e e tocar o produto antes de o adquirir, e 32% tem medo dos danos que o transporte podem causar na encomenda. A necessidade de levantar as encomendas nos correios, e os constrangimentos que acarreta, foi outra das razões apontadas.

De forma geral, refere o estudo, os portugueses ainda não confiam totalmente nos produtos vendidos na internet. Os portugueses acham ainda que há falta de informação sobre o que está a ser vendido, e por isso 24% refere ter menos confiança na qualidade dos produtos. Por outro lado, 35% dos portugueses sente segurança no modo de pagamento das compras online e 16% dos consumidores está totalmente satisfeito.

Segundo a Cetelem, o facto de 68% dos portugueses não fazer compras na internet, deve-se à população envelhecida e com fraco acesso às tecnologias, principalmente fora dos grandes centros urbanos.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Presidente do Conselho de Finanças Públicas (CFP), Nazaré da Costa Cabral. MANUEL DE ALMEIDA/LUSA

Linhas de crédito anti-covid ainda podem vir a pesar muito nas contas públicas

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa. FILIPE FARINHA/LUSA

Marcelo promulga descida do IVA da luz consoante consumos

Fotografia: Fábio Poço/Global Imagens

Apoio a rendas rejeitado devido a “falha” eletrónica

Cetelem: Tempo de espera e devoluções são os problemas do comércio online