Desporto

Challenge 2018 vai pôr os CEO a mexer

Lisboa, 14/05/2018 - Entrevista a Diogo Assis, CEO da empresa CASE Imagine
(Diana Quintela/ Global Imagens)
Lisboa, 14/05/2018 - Entrevista a Diogo Assis, CEO da empresa CASE Imagine (Diana Quintela/ Global Imagens)

"É uma tendência as marcas comunicarem através do desporto, através do conceito de 'well-being' e da saúde”, diz o CEO da CASE Imagine, Diogo Assis.

O Parque das Nações volta a receber mais uma edição do Challenge Lisboa já no próximo fim de semana. Trata-se de uma das mais importantes provas de triatlo a nível mundial e é a segunda edição da antiga prova “Lisboa Triathlon”, que completou já 12 edições.

Durante dois dias vão chegar à capital mais de mil atletas de 30 países, para nadar, correr e andar de bicicleta. O custo médio por participante estrangeiro ronda os cerca de 1000 euros, incluindo hotel e a prova, por isso a adesão vai representar um retorno de 1 milhão de euros para a cidade, revela Diogo Assis, CEO da CASE Imagine, empresa organizadora da prova.

A estrada IC 22 vai estar encerrada para a realização da primeira etapa da prova, em bicicleta. Os 1.9 quilómetros de natação acontecem no Rio Tejo, à frente do Oceanário, e a meia maratona de atletismo que termina a prova vai ser feita à beira do rio Tejo, até à meta no Pavilhão de Portugal.

O prémio final é de 25 mil euros.

Os CEOs querem levar os valores do desporto para dentro da organização

Há dois anos, o grupo CASE Imagine comprou os direitos da prova “Lisboa Triathlon” e inseriu-a no circuito internacional da modalidade. No grupo liderado pelo português Diogo Assis, uma das áreas de atuação é ‘ativação de marca’, neste caso associando a marca das empresas ao desporto. Esta tendência está a crescer, assegura o CEO ao Dinheiro Vivo.

O CEO da CASE Imagine, Diogo Assis, explica que “é uma tendência muito grande as marcas comunicarem através do desporto, através do conceito de well-being [bem-estar], através da saúde”. Para além dos atletas profissionais e amadores, já estão inscritos 12 CEOs, entre eles o português Paulo Leite, CEO da Groundforce, refere Diogo Assis.

Apesar do limite às mil inscrições, Diogo Assis afirma que “2019 será um ano de grande explosão da marca”, porque o mercado internacional continua a ser “a grande força desta prova”, sublinha o CEO. “O Challenge Lisboa atrai porque Lisboa é uma cidade icónica cada vez mais apetecível”, reforça Diogo Assis.

A visão da CASE Imagine

O objetivo para a CASE Imagine é “trazer a Lisboa “a prova de triatlo mais icónica da Europa numa cidade”. A prova Challenge “tem uma visão larga e estamos a trabalhar nessa visão em conjunto com a Câmara Municipal de Lisboa, para chegarmos a 2021 (ano em que Lisboa será a capital europeia do desporto), e termos efetivamente uma prova de grande dimensão internacional”, ambiciona Diogo Assis.

O Challenge Lisboa 2019 já tem data marcada e vai acontecer a 18 e 19 de maio do próximo ano. As inscrições abrem oficialmente a 28 de maio.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Mário Centeno com Pierre Moscovici, comissário europeu da Economia. Fotografia: REUTERS/François Lenoir

Centeno responde a Bruxelas e não muda uma vírgula ao orçamento

iefp

Número de desempregados inscritos nos centros de emprego desceu 17%

(Fábio Poço/Global Imagens)

Hipotecas: Decisão espanhola podia aplicar-se em Portugal? DECO diz que não

Outros conteúdos GMG
Challenge 2018 vai pôr os CEO a mexer