Fortunas

China com mais 55 novos multimilionários em 2017, o número mais elevado do mundo

(REUTERS/Thomas White)
(REUTERS/Thomas White)

O continente asiático tem agora 637 multimilionários, mais cerca de 25% que em relação ao período homólogo do ano anterior

A China registou o ano passado 55 novos multimilionários, o número mais elevado em qualquer país, e que juntamente com a Índia produziu três quartos dos novos multimilionários do mundo.

De acordo com um relatório do banco suíço UBS e da consultora PwC, citado pela agência de notícias estatal chinesa Xinhua, os Estados Unidos ficaram em segundo lugar, registando 53 novos multimilionários em 2017.

O continente asiático tem agora 637 multimilionários, mais cerca de 25% que em relação ao período homólogo do ano anterior.

De acordo com o mesmo estudo, os EUA têm 563 e a Europa 342.

O banco suíço UBS e consultora PwC considerarem que a riqueza da Ásia ainda é “relativamente volátil”, com um clima de rápido desenvolvimento económico que constrói fortunas rapidamente, mas que também tão desaparecem facilmente.

Ao todo do mundo existem 2.158 multimilionários, cuja riqueza combinada é de 8,9 biliões de dólares, acrescentou o relatório.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
A ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, Ana Mendes Godinho. ANTÓNIO PEDRO SANTOS/LUSA

1400 empresas já pediram para aderir ao novo lay-off, apoios só a 28 de abril

Algarve, Portugal. Fotografia: D.R.

Algarve lança campanha. “Fiquem em casa para regressarem com mais saudade”

Veículos da GNR durante uma operação stop de sensibilização para o cumprimento do dever geral de isolamento, na Autoestrada A1 nas portagens dos Carvalhos/Grijó no sentido Sul/Norte, Vila Nova de Gaia, 29 de março de 2020. MANUEL FERNANDO ARAÚJO/LUSA

Mais de 80 detidos e 1565 estabelecimentos fechados

China com mais 55 novos multimilionários em 2017, o número mais elevado do mundo