China e Estados Unidos retomam negociações sobre comércio na próxima semana

O secretário do Comércio dos Estados Unidos, Wilbur Ross, visita a China na próxima semana para uma nova ronda de negociações sobre comércio e investimento, para evitar uma guerra comercial entre os dois países.

Segundo a agência noticiosa oficial chinesa Xinhua, as conversações decorrem entre 02 e 04 de junho, na capital chinesa.

Numa declaração conjunta, difundida no domingo passado, no final de dois dias de conversações, em Washington, a China concordou em "aumentar significativamente" as compras de produtos agrícolas e recursos energéticos norte-americanos.

O documento não prevê, no entanto, que a China pare de subsidiar indústrias chave e garanta uma melhor proteção dos direitos de propriedade intelectual das empresas norte-americanas, as principais fontes de tensões entre os dois lados.

Pelas contas de Washington, no ano passado, a China registou um excedente comercial com os Estados Unidos de 375,2 mil milhões de dólares (320 mil milhões de euros), quase o dobro do Produto Interno Bruto (PIB) português.

O Presidente norte-americano, Donald Trump, exigiu a Pequim uma redução do défice dos EUA em "pelo menos" 200.000 milhões de dólares, até 2020, visando cumprir uma das principais promessas eleitorais.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de